Regiões

Mbanza Kongo precisa de mais parques infantis

Kayila Silvina | Mbanza Kongo

Jornalista

A cidade de Mbanza Kongo, capital da província do Zaire, precisa de mais parques infantis, numa altura em que o único existente se encontra degradado. Dos baloiços, escorregas, gira-gira e outros equipamentos que davam alegria às crianças restam, apenas, as estruturas metálicas.

31/08/2022  Última atualização 07H40
Número reduzido de espaços de diversão preocupa moradores © Fotografia por: Garcia Mayatoko | edições novembro | mbanza kongo

Segundo munícipes contactados pela reportagem do Jornal de Angola, na ausência desses espaços de diversão infantil, muitas crianças optam por lixeiras para brincar ou recolher latas, caixas e outros objectos para fabricar brinquedos.

"A falta de parques infantis afecta no desenvolvimento intelectual de muitas crianças da região”, disse Luyindula Zola Martins, de 26 anos, estudante do 3º ano do curso de Psicologia no Instituto Superior de Ciências Sociais, Artes e Humanidades de Mbanza Kongo. 

Acrescentou que muitas vezes, aos fins-de-semana, pais e encarregados de educação não têm onde levar as crianças, para se divertirem. "Apelo à classe empresarial no sentido de ajudar o Governo a construir parques infantis e outras infra-estruturas de impacto social, para melhorar a qualidade de vida da população e a imagem da cidade que ascendeu à categoria de Património Cultural da Humanidade”.

Luyindula Martins mostrou-se, também, preocupado com a falta de espaços de lazer para adultos, que, depois da jornada laboral, não têm onde aliviar o stress. "Muitos funcionários públicos e jovens, depois da jornada laboral, não têm onde se divertir, a vida aqui é só trabalho. Essa situação faz com que muitos jovens peçam transferência para outros municípios do Zaire ou outras províncias”.

Bernardo Mayifuila, 28 anos, defende a construção de mais parques infantis e centros culturais. "Acredito que, com a reabilitação do Cine Clube "Comandante Bula” e do campo gimnodesportivo de Mbanza Kongo, os jovens e adultos terão locais para a ocupação dos tempos livres”.

Projectos em carteira

O director municipal de Tempos Livres, Juventude e Desportos, André Vuvu Marques, garantiu que existem projectos para a construção de um parque infantil e a reabilitação do antigo, no âmbito do Plano Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM).

"A Administração Municipal de Mbanza Kongo criou uma comissão que está a trabalhar na identificação de espaços para a construção de parques infantis, uma vez que foram concebidos projectos, no âmbito do PIIM, já aprovados e que aguardam, apenas, pela sua implementação”, avançou.

Segundo André Marques, além do parque infantil, a Administração Municipal de Mbanza Kongo está a trabalhar no apetrechamento da Biblioteca Municipal "Kimpa Vita”.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Regiões