Economia

Mbanza Kongo arrebata grande prémio

O município de Mbanza Kongo arrebatou o "Grande Prémio" da 3.ª edição da Feira dos Municípios e Cidades de Angola (FMCA), realizada de 21 a 24 deste mês na cidade de Benguela, reservado ao melhor stand.

27/11/2018  Última atualização 14H58
Jesus Silva | Edições Novembro © Fotografia por: O stand vencedor é uma réplica de uma capela secular

De acordo com a organização, o stand de Mban-za Kongo distinguiu-se dos 253 que foram montados no Estádio Nacional de Omba-ka,  onde decorreu o evento, sob o lema “A vida faz-se nos municípios”.
O stand de Mbanza Kongo, uma réplica da capela (católica) secular que contribuiu para a sua ascensão ao título de Património Mundial da Humanidade, atribuído pela UNESCO, reuniu todos os municípios da província, com os respectivos objectos culturais e produtos de campo, que cativou a organização e os visitantes.
Na categoria de "melhores governos provinciais", a escolha recaiu para Benguela e para o Zaire. Em termos de municípios rurais, a distinção ficou com o Léua (Moxico). O melhor município urbano foi a  Cáala (Huambo). Om-badja (Cunene) aparece como o melhor município na vertente cultural.
O Instituto Nacional de Segurança Social (INSS) foi distinguido entre as melhores participações dos institutos públicos. O Banco de Poupança e Crédito (BPC) conquistou o prémio de melhor participação da Banca, a ZAP da melhor participação das empresas de telecomunicações, Aldeia Nova (Cuanza-Sul), melhor participação da Indústria Nacional.
O Caminho de Ferro de Benguela (CFB) arrebatou o prémio de melhor participação no sector dos Transportes e Logística, enquanto a província do Bengo ganhou o prémio revelação.
A organização definiu como critérios de avaliação a qualidade da exposição, arranjo do stand e produtos expostos, atractividade do stand e inovação e aplicação de novas tecnologias.
Na ocasião, o governador do Zaire, Pedro Makita Armando Júlia, agradeceu à equipa da província que participou no evento e que tudo fez para dignificar a província. Agradeceu ainda ao governo de Benguela, pelos esforços empreendidos para albergar no seu território representantes dos 164 municípios do país.
O ministro da Administração do Território e Reforma do Estado, Adão de Almeida, que procedeu à cerimónia de encerramento, disse que “foi difícil assumir o desafio, mas valeu a pena porque com a experiência adquirida, vai ser possível realizar a Feira dos Municípios e Cidades de Angola noutras províncias do país”.
Com a "Melhor participação institucional", a organização distinguiu o  Ministério das Finanças, que se fez acompanhar de organismos tutelados, como a Administração Geral Tributária (AGT), Serviço Nacional da Contratação Pública (SNCP), Unidade de Gestão da Dívida Pública (UGD), Instituto de Formação de Finanças Públicas (INFORFIP) e o Grupo Técnico para a Implementação do Regime Financeiro das Autarquias Locais em Angola.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Economia