Sociedade

Marginais que furtavam motos estão na cadeia

Três jovens, com idades entre os 20 e os 27 anos, pertencentes a uma associação de marginais, foram detidos há dias pelo Serviço de Investigação Criminal (SIC), por supostamente roubarem mais de dez motorizadas, em vários bairros do município de Belas, em Luanda.

29/10/2019  Última atualização 10H05
Eduardo Pedro | Edições Novembro © Fotografia por: Dez motorizadas de várias marcas foram roubadas no Belas

Três jovens, com idades entre os 20 e os 27 anos, pertencentes a uma associação de marginais, foram detidos há dias pelo Serviço de Investigação Criminal (SIC), por supostamente roubarem mais de dez motorizadas, em vários bairros do município de Belas, em Luanda.
O superintendente Fernando de Carvalho, afecto ao Gabinete de Comunicação Institucional e Imprensa da Delegação Provincial do Ministério do Interior, em Luanda, explicou que a detenção dos três marginais resulta das acções operativas realizadas pelo Serviço de Investigação Criminal, que visa o combate aos crimes violentos na capital.
Fernando de Carvalho disse que as motorizadas foram roubadas em dias diferentes, nos bairros Bita Progresso, Vila Flor, Floresta, Mundial e Padaria das Eleições, no município de Belas, em Luanda, e os três meliantes agiam de forma concertada e faziam-se passar por passageiros.
Ao longo da caminhada, em lugar com pouco movimento, anunciavam o assalto aos mototaxistas e apoderavam-se dos meios rolantes, com recurso a armas de fogo, e depois vendiam as mesmas ao preço de 100 mil kwanzas cada, totalizando as dez motorizadas um mi-lhão de kwanzas.
No dia 8 deste mês, no mu-nicípio de Belas, estes meliantes apoderaram-se, com re-
curso a arma de fogo, de uma motorizada de marca TVS, pertença de um cidadão guineense, que desenvolve actividade comercial.
Fernando de Carvalho apelou aos cidadãos para denunciarem ao Serviço de Inves-
tigação Criminal os marginais que praticam crimes diversos, ao mesmo tempo que aconselhou no sentido de se evitar fazer justiça por mãos próprias.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Sociedade