Política

Manuel Fernandes volta a prometer alterações na legislação sobre terras

Domingos Mucuta | Lubango

Jornalista

O candidato a Presidente da República pela CASA-CE, Manuel Fernandes, voltou, quarta-feira, no Lubango, a prometer reformas na legislação sobre terras.

11/08/2022  Última atualização 06H25
Manuel Fernandes, candidato a Presidente da República pela CASA-CE © Fotografia por: Edições Novembro

Ao discursar num acto político no maior mercado informal do Lubango, Manuel Fernandes disse que, caso a CASA-CE vença as eleições, "a terra deixa de ser propriedade originária do Estado e passará a ser do povo".

Manuel Fernandes prometeu, também, combater os elevados índices de probreza e de fome no seio das famílias angolanas, com realce para a região Sul, mediante a aposta na agricultura, pecuária e acesso a serviços sociais básicas, como água, energias, saúde, habitação e outros.

Dirigindo-se ao eleitorado, maioritariamente jovem, o político prometeu promover a equidade salarial nos diferentes sectores da fundação pública, sobretudo para os quadros do Ministério do Interior. "Os polícias devem ganhar bem. Actualmente, os nossos polícias ganham mal. Não podemos ter efectivos do mesmo Ministério com disparidade salarial. Vamos uniformizar o salário de todos os órgãos do Interior", garantiu Manuel Fernandes.

O presidente da CASA-CE é contra os candidatos que se apresentam na campanha eleitoral com discursos inflamados, quando o país vive num clima de paz desde 2002. "Muitos cidadãos estão a abandonar o país nesta fase da campanha por causa de discursos inflamados de alguns candidatos", denunciou Manuel Fernandes, exortando para que ninguém tenha medo.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política