Economia

Manifestada preocupação com impacto da pandemia

Os ministros das Relações Exteriores e do Desenvolvimento do G20, bem como representantes da União Africana, Nações Unidas e outros parceiros manifestaram, em Matera, Itália, preocupação com o impacto económico e social da Covid-19 na população mundial e concordaram na adopção de metas para o fortalecimento do esforço internacional para conter as consequências da pandemia no mundo.

29/07/2021  Última atualização 10H55
© Fotografia por: DR
Esta e outras questões constam da Declaração de Matera sobre "Segurança Alimentar, Nutrição e Sistemas Alimentares - Uma Chamada para Acção em Época de Pandemia”, publicado, naquela cidade, no fim de uma reunião realizada terça-feira (onde participou a comissária angolana da União Africana Josefa Sacko), um documento em que expressam preocupação com o estado da insegurança alimentar em todo o mundo.

De acordo com dados avançados no evento, o número de pessoas afectadas pela fome em todo o mundo tem vindo a aumentar desde 2014, lamentando o facto de não se estar, ainda, no caminho para alcançar a "Fome Zero até 2030” e acabar com a desnutrição em todas as suas formas, conforme previsto nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030.

Os ministros consideram que o número de afectados pela fome pode ultrapassar os 840 milhões em 2030, se a situação não for revertida, embora esses números não levam em consideração o total de vítimas da Covid-19, que provavelmente adicionará mais de 100 milhões de pessoas à cifra actual de desnutridos.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Economia