Economia

Malanje coloca toneladas de cacusso no mercado

O Projecto de Apoio a Pesca Artesanal e Aquicultura, (AFAP), em Malanje, prevê colocar no mercado uma produção de 5 mil toneladas de peixe cacusso de 500 gramas, até Fevereiro de 2021, com a conclusão do segundo ciclo de produção que arranca no próximo mês de Agosto.

10/07/2020  Última atualização 09H10
DR © Fotografia por: Com 20 tanques, dos quais dez já povoados, contendo 2 mil peixes cada, a cooperativa prevê construir mais 28 tanques

A garantia foi dada, terça-feira última, pelo coordenador do projecto de desenvolvimento da aquicultura local, Evaristo Quintas, no acto que marcou o início da venda do pescado na província, no âmbito do projecto AFAP, que teve lugar na cooperativa, “Binzole”, na localidade de Quissol.

Com 20 tanques, dos quais dez já povoados, contendo 2 mil peixes cada, a cooperativa, que existe há seis meses, integra 78 membros e prevê atingir 48 tanques. Noventa por cento da produção é destinada à criação de negócios e os restantes dez por cento para alimentação.

Evaristo Quintas informou que o primeiro ciclo de produção, que arrancou em Novembro do ano passado, e que termina no próximo mês de Agosto, vão ser colocados no mercado duas mil e 500 toneladas de peixe cacusso com o peso de 500 gramas.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Economia