Regiões

Mais um condomínio começa a ser erguido no mês de Setembro

Victor Mayala | Soyo

Jornalista

Um condomínio, com quatro mil vivendas de alto padrão, começa a ser construído, a partir de Setembro, no perímetro adjacente à Urbanização Kinganga Mavakala, cerca de 15 quilómetros da cidade do Soyo, província do Zaire, por uma empresa de direito angolano, denominada “Graúdos-Construções e Serviços”.

28/07/2022  Última atualização 07H35
© Fotografia por: DR

O director comercial da referida empresa, André Cordeiro, disse, à margem do acto de apresentação do projecto aos responsáveis da Administração Municipal do Soyo, que as quatro mil casas previstas serão concluídas em cinco anos, devendo, numa primeira fase, ser construídas 300 vivendas de tipologia V3,V4 e V5, durante um ano, num investimento global de três mil milhões de kwanzas.

André Cordeiro adiantou que os preços para a aquisição das vivendas variam entre 18 e 36 milhões de kwanzas, podendo o cliente pagar 50 por cento do total do valor e o restante convertido em rendas resolúveis, que vão de 89 a 150 mil kwanzas por mês, durante oito anos. 

"A Graúdos-Construções e Serviços fez um estudo em várias províncias do país e decidiu dar início deste projecto no Soyo, onde vamos construir habitações condignas, a serem comercializadas com base na modalidade de renda resolúvel”, referiu, acrescentando que o projecto inclui, também, a criação de espaços verdes e outros serviços indispensáveis.


Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Regiões