Regiões

Mais de 700 postos de trabalho criados desde o início do ano

Arão Martins | Lubango

Jornalista

Um total de 740 postos de trabalho foi criado, desde o ano passado, na província da Huíla, no âmbito do Plano de Acção para a Promoção da Empregabilidade (PAPE), informou o responsável local do Instituto Nacional de Formação Profissional.

15/06/2021  Última atualização 11H15
© Fotografia por: DR
Alberto Bartolomeu, que prestou a informação no acto de abertura do ciclo formativo 2021, disse que desde o início do ano  foram formados 500 jovens nas mais diversas especialidades, e 301 dos quais beneficiaram de micro crédito para abrirem o seu negócio.

Revelou que a província da Huíla vai receber, ainda este ano até  2022,  dois mil e 810 kits de ferramentas de trabalho para serem distribuídos pelos 14 municípios, para as actividades nas especialidades de Agricultura, Electricidade, Construção Civil, entre outras.

Alberto Bartolomeu informou que, desde o início do ano,  foram entregues ainda 170 kits a empreendedores nas regiões do Lubango, Matala, Gambos, Cacula e Quilengues . O responsável explicou que, no âmbito do Programa "Saber Fazer em Desenvolvimento”, em parceria com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e a Agência Internacional de Cooperação da Turquia, a entidade que dirige está a promover  estágios profissionais para 150 jovens.Para o ciclo formativo 2021, indicou, aberto no passado  dia 10, foram matriculados 1.964 alunos  no Centro do Lubango.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Regiões