Sociedade

Mais de 13 mil famílias consomem água potável

Silvino Fortunato

Mais de 13 mil habitantes de cinco bairros suburbanos da cidade do Uíge vão passar a consumir água potável, a partir da rede pública, com a entrada em funcionamento de um sistema de canalização, entregue ontem ao Governo Provincial.

17/09/2021  Última atualização 09H35
Água potável fica cada vez mais acessível à população © Fotografia por: Silvino Fortunato | Edições Novembro
O sistema, cuja obra está orçada em oito milhões de euros, 70 por cento desse financiamento assumido pelo Banco Mundial e 30 pela Caixa Francesa, vai possibilitar cerca de 2.200 ligações domiciliares.

A presidente do Conselho de Administração de Águas e Saneamento do Uíge, Emília Fernandes, avançou que o projecto prevê colocar, até ao mês de Julho ou Agosto de 2022, um total de 10.461 pontos de fornecimento nos bairros Novo, Paco, Ngenge, Kabonda, Estaleiro, Tomessa, Kimakungu, Ana Paula, 14, Mbemba Ngangu, Kilala e Katapa.

Em Maio último, tinham sido concluídas e entregues 641 ligações em três bairros da regedoria de Papelão, estando previsto, para Outubro, mais 1.200 outras, que vão representar cerca de 40% da execução de toda a obra.Emília Fernandes acrescentou que, em Dezembro, mais 2.500 ligações devem ocorrer nos bairros Mbemba Ngangu e 14. Com isso, atingir-se-á 57% de execução do projecto, que tem conclusão total prevista para Julho ou Agosto do próximo ano, altura em que estarão prontas as 10.471 ligações domiciliárias.

Disse que a construção da rede de distribuição está a ser executada pelo Ministério da Energia e Águas, através da Direcção Nacional das Águas, no âmbito do Projecto de Desenvolvimento Institucional do Sector das Águas (PDISAII), que, no Uíge, contempla um total de 100 quilómetros.

Emília Fernandes revelou que já se iniciou o processo de celebração de contratos de fornecimento de água com os moradores dos bairros beneficiados, tendo abrangido, neste momento, 250 famílias.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Sociedade