Política

Maior fundo da ONU para crises aloca USD 6 milhões

As Nações Unidas anunciaram sexta-feira que 13 operações humanitárias receberam USD 150 milhões cedidos pelo Fundo Central de Resposta a Emergências, Cerf. Dos países lusófonos, Angola deverá receber USD 6 milhões.

16/01/2022  Última atualização 11H05
Nações Unidas © Fotografia por: DR
A ONU apoia acções para enfrentar a seca extrema que atinge o Sul de Angola. O maior impacto é observado nas províncias do Namibe, Huíla e Cunene, afectando milhões de pessoas. O subsecretário-geral para os Assuntos Humanitários, Martin Griffiths, disse na sexta-feira que os fundos destinados ao grupo de nações da África, Américas, Ásia e Médio Oriente visam impulsionar a resposta a crises sub-financiadas.

O coordenador humanitário destacou que a maior alocação de todos os tempos representa uma tábua de salvação para milhões de afectados. A meta é acelerar a solução dos problemas mais urgentes de comunidades vulneráveis.
A ONU destaca que o financiamento do Cerf permite que as contribuições dos doadores cheguem mais rápido às áreas mais remotas.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política