Mundo

Maduro quer resultados positivos com a oposição

O Presidente Nicolás Maduro disse este sábado que a delegação que representa o Governo está de novo no México para uma nova ronda de negociações com a oposição, confiante de que vão materializar novos acordos e resultados positivos.

25/09/2021  Última atualização 23H25
© Fotografia por: DR

"Uma vez mais, a nossa delegação chega ao México para continuar o dia de diálogo com a oposição venezuelana. Num processo de conversa e debate, do qual esperamos novos acordos e resultados positivos para o povo da Venezuela", escreveu Nicolás Maduro na sua conta do Twitter.

A mensagem foi acompanhada por uma foto de várias pessoas descendo a escada de um avião, entre elas o chefe da delegação que representa o Governo venezuelano, Jorge Rodríguez.

Entretanto, a imprensa local divulgou fotos da chegada ao México de sete dos nove membros da delegação governamental, exibindo, nas mãos, cartazes com a foto do empresário Alex Saab, que é considerado testa-de-ferro de Nicolás Maduro.

A chegada tem lugar depois de a Plataforma Unitária de Venezuela (PUV) ter anunciado que estava no México à espera da delegação que representa Nicolás Maduro, para uma nova ronda de negociações que deveria ter começado na sexta-feira.

"Perante a ausência da delegação do regime, a delegação da PUV reitera o seu compromisso de avançar neste processo, sempre no quadro das normas previamente acordadas no Memorando de Entendimento" assinado conjuntamente, lia-se o comunicado.

No documento, a oposição explica que está no México para "avançar na constituição da Mesa de Atenção Social para promover a nutrição infantil, transplantes e programas de vacinação, entre outros igualmente importantes".

"Estamos aqui para abrir a discussão sobre a construção do sistema de justiça. A Venezuela é um país com um sistema judicial sequestrado, que persegue e prende dissidentes e promove a impunidade. Resgatá-la é um requisito fundamental para reconquistar os nossos direitos, devolver aos venezuelanos o poder de eleger e reconquistar a democracia, que é o nosso objectivo fundamental", lê-se no documento.

O Governo presidido por Nicolás Maduro e a oposição venezuelana, aliada do ex-presidente do parlamento Juan Guaidó, previam retomar, sexta-feira, uma terceira ronda de negociações no México, a primeira depois de Caracas ter anunciado que o empresário Alex Saab, que está detido em Cabo Verde a aguardar extradição para os EUA, será integrado como "membro pleno" da delegação que representa o Governo de Nicolás Maduro.

 

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Mundo