Mundo

Macau regista 110 novos casos e encerra espaços de diversão

Macau anunciou hoje o encerramento de todos os espaços de diversão para evitar um surto comunitário, num momento em que as autoridades avançam para o segundo teste da população, após terem sido registados 110 casos.

23/06/2022  Última atualização 12H41
© Fotografia por: DR | Arquivo

A partir das 17:00 (10:00 em Angola) de hoje, deverão encerrar "todos os cinemas, teatros, parques de diversão em recintos fechados, salas de máquinas de diversão e jogos em vídeo, cibercafés, salas de jogos de bilhar e de bowling, estabelecimentos de saunas e de massagens, salões de beleza, ginásios de musculação, estabelecimentos de health club e karaoke, bares, night-clubs, discotecas, salas de dança, cabaret, barbearias e piscinas abertas ao público", pode ler-se num despacho do chefe do Governo.

Além disso, as autoridades ordenaram também a "suspensão da prestação do serviço ao público de todos os restaurantes, estabelecimentos de bebidas e estabelecimentos de comidas” para o consumo "no interior dos respectivos espaços, sem prejuízo da prestação dos serviços de takeaway”

Macau decretou no domingo o estado de prevenção imediata, na sequência do pior surto desde o início da pandemia, no qual já foram detectados 110 novos casos.

Hoje de manhã teve início a realização de mais um teste a toda a população, que vai decorrer até sexta-feira, ao longo de 39 horas.

Este é a segunda testagem geral à covid-19, depois de, no início da semana, cerca de 677 mil pessoas se terem deslocado aos 53 postos disponíveis para realizar um teste PCR.

Entretanto, na quarta-feira foi pedido também aos residentes que realizassem um teste antigénio rápido em casa.

 

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Mundo