Desporto

Lundas recebem Campeões em festa jamais testemunhada

Armando Sapalo | Dundo

Jornalista

Os campeões da 42ª edição do Campeonato Nacional de Futebol da I Divisão, Girabola, foram recebidos ontem, em festa jamais testemunhada na cidade do Dundo, capital da Lunda-Norte.

04/08/2021  Última atualização 08H00
Relvado foi invadido por mais de oito mil pessoas como forma de demonstração de carinho depois do segundo título © Fotografia por: Edições Novembro
Dominados pela emoção, os adeptos da equipa do Sagrada Esperança receberam os jogadores, equipa técnica e dirigentes em apoteose. O banho de multidão foi tal ao ponto de não ser possível sequer estimar o número de pessoas presentes na recepção.  
Dezasseis anos depois do primeiro feito, em 2005, os adeptos e a população da Lunda-Norte não quiseram observar as medidas de biossegurança impostas como medida de combate à propagação da pandemia da Covid-19.

O avião fez-se à pista do Aeroporto Kamaquezo, às 11h30. À saída da aeronave que os transportou para o Dundo, o presidente de direcção do clube José Muacabalo e o capitão da equipa, Femy exibiram o troféu. Na ocasião, o governador da Lunda-Norte, Ernesto Muangala deu primazia ao homólogo da Lunda-Sul,  Daniel Félix Neto, para receber das mãos de Muacabalo e Femy, a Taça.
Além de Daniel Neto deslocaram-se ao Dundo, os jogadores e dirigentes  do Desportivo da Lunda-Sul, equipa recém promovida ao Girabola 2021/2022.

Saídos do aeroporto, o grupo seguiu em passeata e percorreu várias artérias da cidade. A taça foi exibida nos bairros norte, Caxinde, Camatundu, Centralidade do Mussungue, largos do 1º de Maio e Samanhonga, e por fim ao Estádio do Sagrada Esperança. Sem conseguir conter a emoção os adeptos presentes no Estádio do Sagrada Esperança, em número de oito mil, lotação máxima do recinto, invadiram o relvado para junto dos  "heróis" comemorarem.


Leste está forte

O governador provincial da Lunda-Sul, Daniel Félix considerou, no Dundo, que a conquista do Girabola pelo Sagrada põe o Leste entre os mais fortes do futebol nacional.
O dirigente afirmou que além do Sagrada Esperança (Lunda-Norte), FC Bravos do Maquis (Moxico) e do recém promovido Desportivo da Lunda-Sul, o futebol angolano está agora melhor representado e mais competitivo.  

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Desporto