Regiões

Lunda-Sul dá prioridade às principais vias de acesso

O Governo Provincial da Lunda-Sul vai dar prioridade, este ano, à reabilitação das estradas nacionais 230, no troço Saurimo/Malanje, e à conclusão dos trabalhos de ampliação/reabilitação dos 180 quilómetros entre Saurimo e Dala, para melhorar a circulação de pessoas e mercadorias, no âmbito das acções inscritas no Programa Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM).

31/01/2020  Última atualização 12H34
| Edições Novembro © Fotografia por: O objectivo das autoridades é melhorar a livre circulação de pessoas e de mercadorias

A informação foi avançada pelo director do Gabinete Provincial de In- fra-Estruturas e Serviços Técnicos, Cláudio Pemessa, durante um seminário promovido pelo sector, para analisar questões relacionadas com a melhoria da vida da população nas comunidades.
Segundo Cláudio Pe- messa, vai se dar também prioridade à construção do “rodo anel” na cidade de Saurimo, numa extensão de 60 quilómetros, terraplanagem dos troços Cacolo/Alto Chicapa, Cucumbi/Xassengue, no município de Cacolo, e à contenção de quatro ravinas nos bairros Nhama, Camahundo, Luavur e Candembe, na sede do município de Saurimo.
Para a melhoria da imagem da cidade e garantir dignidade aos munícipes, o director Cláudio Pemessa garantiu o reatamento dos trabalhos de terraplanagem e asfaltagem de 25 quilómetros de estrada na sede municipal de Saurimo, construção do campus universitário da província da Lunda-Sul, da ponte sobre o rio Muangueji e pavimentação de passeios e lancis, desde o aeroporto Deolinda Rodrigues até aos bairros Tchizainga e Santo António.
Nos domínios da energia e águas, acrescentou Cláudio Pemessa, pretende-se reforçar as acções de implementação do projecto da central fotovoltáica, de 20 megawatts, para beneficiar mais de 200 mil habitantes, reinício das obras da central térmica de Txicumina, com capacidade para 19,6 megawatts, bem como reabilitação e expansão do sistema de abastecimento de água, a partir do rio Luachimo, nos municípios de Saurimo, Cacolo e Dala.

Novas Infra-Estruturas
As acções implementadas no ano transacto, ainda de acordo com Cláudio Pemessa, permitiram a construção de quatro escolas, com 17, 15 e doze salas de aula, respectivamente, nos bairros Passa Bem, Mulombe Luar e Camanhundo, além da construção da Maternidade Provincial e postos médicos nas localidades de Zorró Muangueji, Saquembue e Mombo Kalunga.
Quanto ao sector eléctrico, Cláudio Pemessa explicou que a província registou um ganho significativo, com a entrada em funcionamento de três centrais térmicas, nos municípios de Cacolo, com 2.2 megawatts, Muconda 1.1 MW e Saurimo 20 MW, o que permitiu o fornecimento de energia eléctrica, sem restrições, à população da Lunda-Sul.
Na sessão de abertura do encontro, em que participam directores dos gabinetes, administradores municipais e autoridades tradicionais, o vice- governador para o sector Técnico e Infra-estruturas, Evanerson Leandro Caputo, considerou ser necessário que os planos directores municipais contemplem directrizes e um conjunto de acções, que permitam o uso adequado dos recursos naturais, ambientais, económicos e socioculturais.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Regiões