Economia

Lunda-Norte tem mais áreas de cultivo

Armando Sapalo | Dundo

Jornalista

As autoridades da província da Lunda-Norte garantem ter colocado à disposição das famílias camponesas organizadas na presente campanha agrícola , cerca 244.913 hectares de terras aráveis devidamente desbravadas.

08/11/2020  Última atualização 16H54
© Fotografia por: Armando Sapalo | Edições Novembro | Dundo
A garantia foi dada quinta-feira pelo director do gabinete provincial da Agricultura, Pecuária e Pescas da Lunda-Norte, Francisco Lubamba, que declarou que , para o êxito da campanha , as famílias camponesas vão beneficiar também de assessoria técnica, sementes e fertilizantes.

O também engenheiro agrónomo que falava a propósito da abertura da campanha agrícola, cujo acto provincial aconteceu no município do Xá-Muteba, disse que, apesar da insuficiência de recursos para a presente campanha em que estarão envolvidas 150.840 famílias camponesas , o governo através do Instituto de Desenvolvimento Agrário ( IDA) disponibilizou 80 toneladas de fertilizantes compostos , dez outros simples , sete  de sementes ,divididos em cinco (5) de milho e dois (2) de feijão.  Com o objectivo de aumentar os níveis de produção de alimentos,  as administrações municipais, como adiantou, vão adquirir outras quantidades de sementes e fertilizantes, para distribuírem aos agricultores.

O director do gabinete provincial da Agricultura , Pecuária e Pescas afirmou que as perspectivas em termos de aumento da produtividade e diversificação das culturas são animadoras, tendo em conta que as previsões apontam para a colheita de 1.367.459,40 toneladas de produtos diversos, contra as 975.286 da safra obtida na campanha anterior.

O governo provincial, em acções coordenadas com as administrações municipais , está bastante empenhado na criação de condições técnicas favoráveis que permitam assegurar uma campanha agrícola com resultados satisfatórios, ressaltou. Pretende-se, com isso, ultrapassar todas as dificuldades ,insuficiências técnicas e materiais para o alcance das metas preconizadas, afirmou.

O gabinete provincial da Agricultura, Pecuária e Pescas da Lunda-Norte, de acordo com o seu responsável, estabeleceu como as perspectivas em termos de aumento da produtividade e diversificação das culturas são animadorasprioridade a garantia do apoio técnico e material aos pequenos e médios produtores , com vista à obtenção de resultados positivos. 

Lubamba confirmou que a presente campanha agrícola  vai prestar uma especial atenção à agricultura familiar visando à produção de alimentos, garantia de emprego nas zonas rurais, favorecendo práticas produtivas e ecológicas equilibradas.
Lembrou ainda que na campanha agrícola anterior tinham sido disponibilizados 195.286 hectares de terra e a produção contou com a envolvência de 116.455 famílias camponesas.
O acto provincial da abertura do ano agrícola na Lunda-Norte  foi presidido pelo governador Ernesto Muangala e foi realizado  na fazenda Lázaro Raimundo, no município do Xá-Muteba.  
 

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Economia