Economia

Lunda-Norte: Estação agrária de Capenda Camulemba vai ser recuperada

Armando Sapalo | Dundo

Jornalista

A inoperância da Estação de Desenvolvimento Agrário (EDA) regional do município de Capenda- Camulemba, na província da Lunda-Norte, está a causar um impacto negativo na produção.

03/08/2022  Última atualização 07H55
© Fotografia por: Benjamim Cândido/ Edições Novembro

A infra-estrutura agrária que  entrou em funcionamento em 2013, será modernizada, numa iniciativa do Ministério da Agricultura e Pescas, com o financiamento do Governo espanhol, para garantir o armazenamento e comercialização de sementes e fertilizantes aos produtores locais.

O director do Gabinete Provincial da Agricultura, Pecuária e Pescas da Lunda-Norte, José Mendes, disse ao Jornal de Angola que a infra-estrutura agrária conta com um laboratório para estudo e análise dos solos, que ajuda a determinar as culturas mais indicadas  para desenvolver uma agricultura sustentável.

O Ministério da Agricultura e Pescas vai  enviar à Lunda-Norte especialistas do Instituto de Investigação Agronómica para trabalharem no processo de recuperação do laboratório.

O projecto foi construído para prestar, igualmente, serviços de apoio e realizar seminários para o desenvolvimento de competências técnicas aos produtores dos  municípios localizados na parte sul da Lunda-Norte, bem como das províncias do Moxico e Lunda-Sul.

José Mendes referiu que a infra-estrutura contempla ainda duas residências para os técnicos, salas de conferências, escritórios, biblioteca e um armazém-frigorífico para a conservação de produtos agrícolas, principalmente hortícolas.

Por outro lado, a EDA foi concebida para dar apoio para o escoamento da produção agrícola e facilitar o estabelecimento de uma rede comercial.

"Quando uma associação ou cooperativa agrícola colhe a sua produção a estação ajuda no seu escoamento e garantir a conservação, pois a intenção é facilitar o surgimento de uma rede comercial para que os produtores possam obter rendimentos”, disse José Mendes.

A Estação dispõe, ainda, de uma área agrícola experimental de 30 hectares, destinada para as aulas práticas para os produtores.

Brigada de mecanização

A falta de brigada de mecanização agrícola na Lunda-Norte para facilitar a desmatação e desbravamento de terras, tendo em vista o aproveitamento dos solos, também dificulta o trabalho de produção.

José Mendes garantiu que consta das prioridades do governo provincial, a constituição de uma brigada de tractores.

A brigada vai permitir que a província deixe de depender da agricultura de subsistência e passe a adoptar projectos estruturantes que possam contribuir para o crescimento do tecido produtivo da região.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Economia