Cultura

Lulas da Paixão e Robertinho dão concerto no Marçal

Analtino Santos

Jornalista

Robertinho e Lulas da Paixão animaram os convivas na última edição do projecto Kuimbila Ni Kukina Semba, realizado no final da tarde de sábado, no Bar -Salão do João Adilson, na Rua da Dona Zita, Marçal. O concerto enquadrou-se no novo conceito da iniciativa quanto o convívio não é realizado no domingo, no qual já passaram Legalize e Flay.

12/10/2021  Última atualização 08H45
Lulas da Paixão e Robertinho © Fotografia por: Edições Novembro
A plateia vibrou ao som de sucessos como: "Kaquinhneto”, "Massoxi”, "Joana”, "Sanguito”, "Kamaxinde”, "Sessá”, "Desespero”, "Nguma” e outros de Robertinho que tiveram o suporte da Banda Yetu. De Lulas da Paixão ouviu-se temas como: "Pepe”, "Nguami Maka”, "Garan”, "Ngana António”, "Kaxipalo”, "Nga Kinga” e "Nga Kembua”.


Robertinho é Fernando Lucas da Silva de nome próprio, notabiliza-se como artista nos anos 80, depois de ter iniciado a carreira no grupo Ébanos, como instrumentista e corista, aos 18 anos, a convite de um amigo. Passou ainda pelo Agrupamento Aliança  FAPLA-Povo, como corista e na dikanza. David Zé, Urbano de Castro e Artur Nunes eram os vocalistas e mais tarde esteve nos Diamantes Negros, em 1983.


Lulas da Paixão é considerado um dos maiores compositores do país, natural da Ilha do Cabo, onde começa a desenhar o desenvolvimento artístico, tendo o  marco do inicio do percurso em 1957, no grupo A Caravana, mas, foi depois da presença no Kutonoka com o suporte  do conjunto Musangola,  que penetra no circuito musical luandense.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Cultura