Política

Luísa Damião defende autossuperação da mulher

Xavier António

Jornalista

A vice-presidente do MPLA, Luísa Damião, apelou esta quinta-feira (14) a Organização da Mulher Angolana (OMA) para que continue a promover iniciativas que galvanizem a mulher para a sua autossuperação.

14/10/2021  Última atualização 23H51
© Fotografia por: CEDIDA

Luísa Damião falava no acto de inauguração da primeira edição da Feira Mulher Rural em alusão ao 15 Outubro, "Dia Internacional da Mulher Rural” que decorre no Multiuso do Kilamba, em Luanda.  

Para a vice-presidente do MPLA, a mulher rural é chamada na construção de uma verdadeira "resistência climática”, conforme a divisa da efeméride, evitando acções que periguem o equilíbrio dos diferentes ecossistemas, como as queimadas desenfreadas, a caça de espécies ameaçadas, a pesca desregrada, a desmatação excessiva e outras.

"É estratégico e oportuno que a mulher continue a assumir a liderança e a responsabilidade de influenciar a sociedade, a comunidade para um aproveitamento mais racional dos recursos naturais e na conservação do meio ambiente”, disse.

A Feira da Mulher Rural sob iniciativa da OMA terá a duração de quatro dias, sob o lema: "Mulheres e Raparigas Rurais a Construir uma Renitência Climática”, tem como objectivo despertar o empoderamento das mulheres rurais, fazendeiros e atrais investigadores.  

 

 

 

 

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política