Política

Luísa Damião apela à intervenção da Igreja

Kátia Ramos

Jornalista

A vice-presidente do MPLA, Luísa Damião, apelou, domingo (24) , em Luanda, aos líderes religiosos para reforçarem as orações com vista à harmonia nas famílias e paz social.

25/10/2021  Última atualização 05H55
© Fotografia por: Rafael Tati | Edições Novembro
O apelo, extensivo às mulheres, foi feito no acto alusivo aos 143 anos da Igreja Evangélica Baptista e dos 44 em Angola.

A "número dois” na hierarquia do partido no poder, reconheceu o trabalho desenvolvido pelas igrejas com vista a um ambiente calmo na sociedade. Luísa Damião afirmou que não é apenas Angola que enfrenta uma situação social difícil, mas garantiu que tudo está a ser feito pelo Governo para encontrar soluções aos vários problemas que afectam a população.

Considerou que a Igreja deve continuar com o seu papel de reserva moral da sociedade. "Se existe bons cristãos, também devem ser bons cidadãos que contribuem para que haja paz, harmonia e bem-estar para todos”, disse.

A dirigente partidária disse que a Igreja Evangélica Baptista em Angola (IEBA) tem homens e mulheres com uma inteligência extraordinária e acredita que estes vão continuar a "unir as suas sinergias para orar por Angola, pelas autoridades e iluminar caminhos para que todos possam contribuir para o desenvolvimento do nosso país”.

 O secretário-geral da IEBA, Bunga David, disse que a Igreja sempre trabalhou em prol da sociedade, com a construção de escolas e postos médicos por todo o país.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política