Regiões

Luena privada de água potável por escassez de combustíveis

José Rufino | Alto-Zambeze

Jornalista

O problema de escassez de combustíveis que se verifica, há mais de três semanas, na cidade do Luena, está a privar o abastecimento de água e a provocar constantes restrições no fornecimento de energia eléctrica à capital do Moxico.

28/08/2021  Última atualização 11H10
© Fotografia por: DR
Uma nota da Empresa de Tratamento e Distribuição de Água, chegada ao Jornal de Angola, explica que a falta de combustível provocou a paralisação de todo o sistema de produção que depende da corrente eléctrica.

A referida empresa lamenta os constrangimentos que a falta de água provoca à população, mas pediu calma aos clientes, assim como assegurou esforços para a reposição da normalidade no abastecimento.

Enquanto isso, a falta de combustíveis está a provocar a alteração de preços. Por exemplo, nessa parcela da província, um litro de gasolina, no mercado informal, está a ser comercializado a 600 kwanzas, muito dos 160 praticados pelas bombas autorizadas.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Regiões