Regiões

Lobito vai dispor de serviço oncológico no próximo ano

Os mais de 200 pacientes diagnosticados com tumores ou diversos tipos de cancro, vão beneficiar de cuidados especiais de saúde, no primeiro Centro Oncológico e Pediátrico, a ser erguido na zona do Culango, município do Lobito.

28/10/2022  Última atualização 06H10
Especialistas em Oncologia aconselham mulheres a fazerem apalpação regular nos seios © Fotografia por: DR

Projectado para entrar em funcionamento no final do próximo ano, o novo Centro de Oncologia vai atender pacientes vindos de diversas localidades do país, com problemas relacionados com  cancro da mama, prostátite, entre outros.

O surgimento do centro, visa eliminar da parte dos utentes gastos com deslocações ao exterior ou outras regiões do país, em busca de tratamento.

A infra-estrutura vai ser erguida numa área de seis mil metros quadrados, na zona alta do município do Lobito, sendo que a primeira fase está orçada em cerca de dois milhões de dólares.

O referido centro vai ter uma capacidade para 200 camas em diversos serviços diferenciados com médicos especializados no atendimento diário aos pacientes.

A primeira pedra para a construção do centro tinha sido colocada, em Abril do corrente ano, e projectava-se construção em cerca de 18 meses de execução, uma acção que vai gerar para os jovens da localidade do Culango 50 postos de trabalho directos e 80 indirectos.

O edifício a ser erguido, vai ser de nível secundário, e surge na base de um projecto traçado entre a Lions Clubs Internacional e o Ministério da Saúde, mediante um acordo firmado com a Administração Municipal do Lobito.

O surgimento do centro está a ser coordenado pelo Governo Provincial de Benguela, no quadro da estratégia do aumento das condições sociais básicas e da qualidade de saúde e de vida da população, na base do Plano de Desenvolvimento Municipal da Saúde.

A administradora municipal-adjunta para a área Social, Política e das Comunidades do Lobito, Maria José, referiu que, desta forma, está dado um passo no processo de atendimento dos utentes e acabar com as constantes deslocações, na busca de soluções de saúde.”Os problemas de tumores, câncer, situações extremas voltadas para o desgaste do organismo vão encontrar neste centro respostas adequadas, por se ter perspectivado uma unidade sanitária, com capacidade para dar tratamento a cada tipo de neoplasia”.

O centro vai, ainda, oferecer serviços de Neonatologia, Cuidados Intensivos, Ortopedia, Obstetrícia, Cirurgia, Queimaduras, Medicina Interna, Otorrino, Oftalmologia e Psiquiatria.

 Selecção de médicos

O Gabinete Provincial da Saúde seleccionou, numa primeira fase, 15 médicos de cada especialidade, que vão prestar atendimento personalizado aos pacientes.

O Jornal de Angola soube que o centro vai ser apetrechado com equipamentos modernos, para responder, também, pela formação de quadros, nas respectivas áreas de especialização de saúde, de modo que muitos profissionais,não estejam frequentemente ausentes dos locais de trabalho, na busca de qualificações académicas e técnicas no estrangeiro.

A Lions Clubs Internacional é uma organização internacional de clubes de serviços, cujo objectivo é promover o entendimento entre as pessoas, numa escala internacional, atender a causas humanitárias e promover trabalhos voltados às comunidades locais.

Realizados exames de rastreio a um total de 814 pacientes

De Janeiro até  à presente data, 814 pacientes beneficiaram de consultas de rastreio sobre o cancro, anunciou, ontem, o director provincial da Saúde Pública  de Benguela, Faustino Vinte.

O responsável disse que, deste número, 254 são pacientes com problemas relacionadas com o cancro da mama.

Faustino Vinte avançou que foram, também, enviados aos hospitais de Luanda um total de 15 pacientes, cujos sinais e sintomas de cancro manifestavam-se de forma estranha, complicada, por não estarem visíveis.

Fez saber que alguns pacientes possuidores de sintomas da doença, que apresentam sinais menos complicados, têm sido tratados em Benguela, como é o caso recente de dois doentes, que, depois de serem diagnosticados com o tumor do cancro da mama, acabaram por ser submetidos a cirurgias e estão fora de perigo.

O responsável explicou que existem  vários tipos de cancro, com realce para o cancro da mama, que atinge, não só as mulheres de diversas idades, mas, também, os homens.

Segundo o especialista, os maus hábitos alimentares, consumo excessivo de álcool e diversos tipos de droga, tabaco, entre outras práticas menos boas, constituem as principais causas do surgimento da doença.

No âmbito do Dia Mundial do Cancro da Mama, assinalado a 19 de Outubro, e 30 do mesmo mês, que marca o Dia Nacional da Prevenção do Cancro da Mama, o Governo Provincial de Benguela está a realizar uma jornada de combate à doença, no quadro do "Outubro Rosa”, sob o lema central "Quem Previne, Se Cuida e Se Ama”.

O evento está a ser orientado pelo Gabinete Provincial da Saúde, onde, entre outras actividades, estão a ser desenvolvidas palestras e seminários de capacitação no seio dos estudantes, junto das instituições de ensino, no sentido de educá-los sobre os mecanismos de prevenção da doença, assim como fazer com que estes sejam, também, os transmissores de conhecimentos no seio das famílias e na comunidade em geral.

Já na quarta-feira, o Gabinete da Saúde, em coordenação com a Direcção da Educação, promoveu uma acção de capacitação, destinada  a mais de 200 estudantes, dos 17 aos 25 anos, da Escola Comandante Kassanji-Liceu.

O evento teve lugar no anfiteatro da referida instituição e analisou as consequências provocadas pela doença no seio dos alunos, bem como receberam esclarecimentos de como evitar a doença.

 

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Regiões