Regiões

Lobito atinge 109 anos de ascensão à cidade

Lobito é um dos dez municípios de Benguela e reza a história que ascendeu à categoria de cidade no longínquo ano de 1913, numa data semelhante a de hoje, 2 de Setembro.

02/09/2022  Última atualização 08H20
© Fotografia por: Júlio Galiano| Edições Novembro

Região circunscrita ao Corredor-Norte desta província do Litoral-Sul do país, Lobito goza o estatuto de "Sala de Visitas de Angola”...

Com uma extensão territorial de 3.648 quilómetros quadrados e uma população estimada em mais de 450 mil habitantes, o Lobito transfigura-se nos tempos que correm como um verdadeiro "canteiro de obras”, rumo ao desenvolvimento sustentado.

Sendo, paralelamente, um dos grandes centros logísticos de Angola, esta parcela de Benguela agrega um importante porto, terminais ferroviários e rede rodoviária continental que a conectam ao restante do país, levando-a até à costa oriental de África. Daí a enorme relevância que tem o Corredor do Lobito na economia nacional.

O município está administrativamente dividido em três comunas, sendo a sede correspondendo a própria cidade (por vezes chamada também de comuna de Lobito-Canata), existindo ainda as do Egipto Praia e Canjala, respectivamente. Compreende bairros como o Compão, Liro, Lobito Velho, Santa Cruz, mas é na Bela Vista, onde existe o Miradouro, que a cidade dos flamingos oferece várias oportunidades para descobrir, visitar e desfrutar do seu vasto património natural, histórico e cultural.

Dados apontam, também, como grande referencial geográfico a baía de Lobito, que, juntamente com a zona da Restinga foram elementos fundamentais para a formação e desenvolvimento do porto e deste município, apontado como segundo mais populoso da província, ficando atrás somente de Benguela.

Embora os relatos oficiais apontem para a ascensão do Lobito à categoria de cidade a 2 de Setembro de 2013, há informações de que ocorreram propostas de fundação de uma cidade na baía do Lobito já no século XVII, que não tiveram efeitos pelas ordenanças do Conselho Ultramarino em 1650 e nem das portarias régias de D. Maria II de 1842. Estas ordenavam a deslocação da capital de Benguela para uma zona litoral mais favorável, limitada por morros, baixa e quebra-mar (restinga) segura e aliciante. 

Origem do nome

Quanto à origem do nome Lobito, segundo apurou o Jornal de Angola, encontra suporte no substantivo "pitu”, antecedido da partícula classificativa "olu”, que nesse caso ficaria o termo "olupitu, que significa a "porta”, o "passadiço” ou "passagem” que as caravanas de carregadores ao descerem dos morros vindos do interior percorreriam antes de atingirem a "praça comercial” da Catumbela. Com o uso continuado e o tempo, tal substantivo comum passaria a nome próprio, perdendo a letra "o” inicial e, logo, o termo "Lupitu” foi aportuguesado para "Lobito”.

 Situação geográfica

O Lobito está localizado na costa do oceano Atlântico. É limitado a Norte pelo Sumbe, capital da província do Cuanza-Sul, a Leste e a Sul, pelo município do Bocoio e da Catumbela, ao passo que a Oeste é banhado pelo oceano Atlântico. Distando cerca de 33 quilómetros da sede Benguela e a 540 de Luanda, o Lobito dispõe de uma gastronomia muito influenciada pela proximidade ao mar.

Já em termos de acervo turístico, a região atrai pela beleza que ostenta em vários locais, com destaque para a ponta da Restinga, o Museu de Etnografia, o Templo Católico da Arrábida, o Palácio Municipal, as estátuas do infante D. Henrique (na Rotunda do extremo Norte da Restinga), inaugurada por Carmona em 1939, de Luís de Camões (anterior a 1965) e os dois pilares das Portas do Mar.

O outro ponto de atracção é o Obelisco, uma esguia e elegante peça, inserida num espaço urbano aberto na restinga, em betão aparente, vertical e de desenho abstracto, criada em 1963, por Castro Rodrigues.

 Programa dos festejos

Para os festejos dos 109 anos da elevação do Lobito à categoria de cidade, a Administração tem esboçado um vasto programa, que começa a ser cumprido hoje, às 6h30’, com a deposição de coroa de flores num túmulo, no Cemitério do Golfe.

Seguir-se-á a oferta de enxoval para o primeiro bebé que nascer nesta sexta-feira, dia 2 de Setembro, no Hospital Geral do Lobito, às 7h30’, a inauguração de feira de gastronomia às 12h00’ às Portas do Mar.

Para amanhã, 3 de Setembros estão reservados uma caminhada, desde o bairro da Luz à Restinga, sessões de ginástica e um torneio de futebol feminino. O programa das festividades dos 109 anos de existência do Lobito estende-se até 25 de Setembro.

Além do Lobito, Benguela conta ainda com os municípios sede da província, o Bocoio, Balombo, Catumbela, Baía Farta, Caimbambo, Chongoroi, Cubal e Ganda.




Sérgio V. Dias  e Júlio Gaiano | Lobito

 

 


Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Regiões