Cultura

Livro de contos “A Deusa do Rio” vence I edição do Prémio Yola Castro

Mário Cohen

Jornalista

“A Deusa do Rio” é o título do livro infantil de contos da autoria de Joselina Pepeca, 18 anos, a vencedora da I edição do Prémio Yola Castro, uma iniciativa da Biblioteca Contra’Ignorância, no Distrito Urbano do Rangel, Bairro Marçal.

17/06/2024  Última atualização 08H19
Joselina Pepeca depois da vitória vai apostar na carreira literária para trazer mais contos © Fotografia por: Vigas da Purificação | Edições Novembro

A vencedora disse ao Jornal de Angola que está muito feliz, não pelo dinheiro, mas pela sua capacidade criativa e imaginária, desejando crescer muito mais para o mundo da literatura.

Visivelmente satisfeita, Joselina Pepeca revelou que o concurso a incentivou e impulsionou muito para continuar a escrever, ou seja, apostar na carreira literária, com a finalidade de trazer ao mercado mais contos, que sejam grandes ferramentas de leitura e do saber.

Joselina Pepeca deu a conhecer que escrever contos nunca foi a sua paixão inicial, por gostar de escrever poesia, onde as palavras têm mais beleza num mundo em que a fantasia e a realidade dão outra vida à literatura.

A menção honrosa foi para o livro "A Aventura do Pequeno Viajante”, de Abel Cahassa, de 24 anos. Disse que o que o motivou a participar foi o de contribuir para o desenvolvimento da literatura no país, que ainda tem um gritante défice de escritores que escrevam  para crianças.

Apesar de participar com o intuito de vencer e ver o livro ser publicado, disse que foi uma grande honra ver o seu trabalho distinguido com a menção honrosa. Agora, afirma, vai apostar em escrever mais para crianças, porque antes escrevia mais assuntos relacionados com a política, por ser formado em Relações Internacionais.

De acordo com o coordenador da Biblioteca Contra’Ignorância, Adilson Gonçalves, a vencedora do concurso infantil de literatura vai receber da organização uma quantia de duzentos mil kwanzas, assim como a publicação do livro.

Outro grande privilégio que a autora vai ter depois da publicação do produto de leitura é que o livro será lido e apreciado pelo clube de leitores infantis da Biblioteca Contra’Ignorância, denominado "O Berço”.

Segundo o coordenador, o livro vai ter mais de 10 páginas, com ilustração, cujo cartoonista não avançou o nome, mas garantiu que vai chegar ao mercado com a chancela do Centro Educacional Yola Castro.

Para Adilson Gonçalves, o grande objectivo do prémio é homenagear a escritora Yola Castro, acrescentando ter aproveitado também a distinção à escritora para presentear os jovens que escrevem e não têm oportunidade de ver os seus livros publicados.

Outro objectivo do concurso, revela, é o de incentivar a escrita criativa, estimular as crianças a terem hábitos de leitura, assim como descobrir novos autores nas comunidades e promovê-los no mercado literário.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Cultura