Cultura

Livro de antropologia angolana apresentado em Moçambique

O livro de antropologia cultural angolana, “Os Bantu na visão de Mafrano”, foi apresentado em Maputo, na Sede da Associação dos Escritores Moçambicanos (AEMO), durante a Primeira Conferência Internacional sobre o Centenário do poeta moçambicano José Craveirinha que decorreu nesta instituição, entre os dias 24 a 26 do corrente mês.

31/05/2022  Última atualização 11H32
Capa do livro sobre a cultura bantu apresentado em Maputo © Fotografia por: DR

A cerimónia de apresentação em Maputo contou com a presença de escritores, diplomatas, editoras e representantes da cultura. A apresentação do livro esteve a cargo de duas netas do já falecido escritor Maurício Francisco Caetano, que se encontram na capital moçambicana a convite da Associação dos Escritores daquele país do Índico.

À margem das comemorações do centenário do poeta José Craveirinha, um exemplar do livro foi oferecido no sábado à ministra da Cultura e do Turismo da República de Moçambique, Eldevina Materula, durante uma  cerimónia realizada na Casa Museu José Craveirinha, em Maputo.

A cerimónia foi testemunhada pela família do prestigiado poeta e escritor moçambicano, cujo centenário foi celebrado em Maputo de 24 a 26 deste mês, por iniciativa da Associação dos Escritores Moçambicanos (AEMO).

Na ocasião, a ministra Eldevina Materula agradeceu o gesto que considerou "uma prova eloquente da necessária vitalidade no intercâmbio cultural entre Angola e Moçambique”.

A obra "Os Bantu na visão de Mafrano”, foi lançada em Luanda, a título póstumo, no passado dia 14 de Maio, e apresentada igualmente a alunos do Seminário da província da Huíla, no Lubango, na presença do arcebispo emérito da cidade, Dom Zacarias Kamuenho. O arcebispo de Luanda, Dom Filomeno Vieira Dias do Nascimento, destacou o conteúdo e a importância da obra, afirmando que ela "vai ajudar à compreensão de práticas dos povos desta região” .

O livro "Os Bantu na visão de Mafrano”foi editado pela família do autor a partir de textos dispersos no jornal católico "O Apostolado”, entre os anos 1957 e 1982, e faz parte de uma colectânea a ser publicada em três volumes.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Cultura