Mundo

Lançada campanha para a permanência na União Europeia

Uma campanha de opositores ao “Brexit” lançada ontem defende a permanência do Reino Unido na União Europeia (UE) e sugere que o país pode ter um papel proeminente na reforma do bloco.

29/01/2019  Última atualização 16H59
DR © Fotografia por: Activista Gina Miller lidera campanha contra o Brexit

A campanha é liderada pela activista Gina Miller, que forçou o Governo através dos tribunais a pedir autorização parlamentar para accionar o pedido de saída da UE, juntamente com Maurice Saatchi, ex-presidente do Partido Conservador, e a trabalhista Helena Kennedy, ambos membros da Câmara dos Lordes, a câmara alta do Parlamento britânico.
“O Reino Unido enfrenta a pior crise constitucional e política desde a Segunda Guerra Mundial. Existe agora uma oportunidade para um raciocínio inovador para acabar com o caos”, defendem, num comunicado no qual sugerem maximizar os atributos britânicos de “senso comum, pragmatismo e liderança”. O trio promotor da campanha intitulada 'Lead, not Leave' (Liderar, não Sair) defende que o Reino Unido deve permanecer na UE e liderar negociações intergovernamentais sobre a reestruturação da UE, começando por responder às preocupações do referendo de 2016, quando 52 por cento dos eleitores britânicos votaram pela saída da UE.
Nesse sentido, Saatchi adiantou que pretende apresentar um projecto de lei que insta o Governo britânico a renegociar com a UE uma forma de manter a “parceria especial existente”, mas com novos termos, como a implementação de controlos mais robustos para a imigração.
A campanha é apresentada duas semanas depois de o acordo negociado com as autoridades de Bruxelas ter sido chumbado por uma margem de 230 votos.
A Primeira-Ministra britânica, Theresa May, recusou mudar a data de saída, marcada para 29 de Março, ou realizar um novo referendo, argumentando que a única forma de evitar uma saída desordenada, sem acordo, é encontrar um consenso entre deputados que garanta a aprovação do texto agendada para hoje.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Mundo