Sociedade

Kwenda chega a 84 mil famílias

Oitenta e quatro mil famílias em situação de vulnerabilidade serão abrangidas, pelo Programa de Fortalecimento do Sistema Nacional de Protecção Social "Kwenda", em quatro municípios da província da Huíla, até 2022.

14/06/2021  Última atualização 04H00
Kwenda chega na Huila © Fotografia por: DR
A informação foi avançada na Cacula, pela directora-geral adjunta para área Técnica do Fundo de Apoio Social (FAS), Teresa Quivienguele, duante um seminário metodológico sobre a municipalização da acção social no município, dirigido aos intervenientes do Kwenda.

De acordo com a responsável, na Cacula, município que acolheu a experiência-piloto, em Fevereiro de 2020, a previsão era cadastrar 25.303 famílias, mas registou 30.668, enquanto em Quilengues, desde Setembro do ano passado, já foram cadastradas 20.464, quando a meta era atingir 22. 255 famílias.
Na Humpata serão cadastradas 23.224 agrega-dos familiares, ao passo que nos Gambos serão cadastratados dez mil, mas a tendência é crescer para perto de 40 mil, devido a quantidade de pessoas atingidas pela seca.

Teresa Quivienguele afirmou que estão  em curso outras iniciativas para estabelecer a integração das políticas públicas e resolver as facetas da vulnerabilidade.
O Kwenda tem quatro componentes, nomeadamente as transferências sociais monetárias, a inclusão produtiva, a municipalização da acção social e a criação do cadastro social único.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Sociedade