Regiões

“Kwenda” beneficia 30.379 famílias carentes do Mungo

Estácio Camassete | Huambo

Jornalista

Cerca de 30.379 famílias em condições de vulnerabilidade do município do Mungo, província do Huambo, beneficiam, desde ontem, do Programa de Fortalecimento do Sistema de Protecção Social “Kwenda”, elaborado para combater a pobreza nas comunidades.

20/11/2021  Última atualização 10H05
© Fotografia por: DR
Tchimuma de Oliveira, directora do Fundo de Apoio Social (FAS), que orienta o processo, afirmou que o "Kwenda” começou no Mungo, com a caracterização da matriz de vulnerabilidade da comunidade local, depois foi feita a formação dos agentes comunitários, para responder às necessidades das pessoas. 

Para dar maior fiabilidade ao processo, referiu, as famílias foram cadastradas, acto procedido da prova de vida, espaço para reclamações e reconfirmação dos beneficiários, tendo sido apuradas 35 mil famílias. 

Tchimuma de Oliveira explicou que ao longo do processo foram detectados e retirados os não elegíveis, no caso de funcionários públicos, uma vez que o programa é para vulneráveis. Neste momento, decorre a fase derradeira, que é a do pagamento a 30.379 agregados familiares do Mungo. 

A responsável do FAS referiu que essas pessoas vão receber dinheiro, num valor de 25.500 kwanzas trimestralmente. 

Nesta primeira fase, o processo contemplou, igualmente, o município do Londuimbali, onde foram cadastradas mais de 26 mil famílias e realizados os procedimentos administrativos, estando próxima a fase de pagamento. 

Na segunda fase, famílias da Ekunha e Cachiungo vão beneficiar, igualmente, do programa, assegurou Tchimuma de Oliveira. 

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Regiões