Política

Juiz defende celeridade nas decisões judiciais

O juiz presidente do Tribunal Supremo defendeu, no município do Cubal, província de Benguela, a necessidade de se imprimir maior celeridade na resolução dos processos em tribunais, para uma justiça plena ao serviço do cidadão.

14/05/2022  Última atualização 10H00
© Fotografia por: DR

Joel Leonardo, que falava quinta-feira no acto de inauguração do Tribunal de Comarca nessa localidade, citado pela Angop, disse que os processos não devem ficar engavetados nas secretárias, mas que saiam de forma célere para o gabinete do meritíssimo.

"O meritíssimo juiz também não deve adormecer, pois os tribunais têm valores a proteger”, enfatizou. O magistrado considera que a responsabilidade do poder judicial, nesta fase da concretização do direito, é extremamente importante, pois é chamado a dirimir conflitos resultantes de situações diversas.

Referiu ainda que, com a entrada em funcionamento da Comarca do Cubal, a comunidade passa a ter certeza de que os problemas serão resolvidos com maior celeridade, cuja responsabilidade é dos magistrados.

Com efeito, recordou os presentes de que estão a ser colocados tribunais e juízes mais próximos do cidadão, no sentido de se devolver a paz social e tranquilidade nas comunidades.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política