Sociedade

José Cola é sepultado amanhã no Sant’Ana

O fotojornalista José Cola, falecido domingo, numa unidade hospitalar de Luanda, é sepultado amanhã, às 11 horas, no Cemitério da Sant’ Ana, saindo o préstito fúnebre do Velório da Polícia Nacional, nas imediações da Tourada.

15/09/2021  Última atualização 09H25
Fotojornalista José Cola deixa um grande vazio na classe © Fotografia por: DR
O profissional havia sido internado de emergência na capital do país, no início do mês passado, depois de sofrer um acidente de viação, na localidade de Porto Amboim, província do Cuanza-Sul.
Estava a recuperar de uma cirurgia no fémur, na sequência do acidente de viação que sofreu, mas, infelizmente, a situação agravou-se e acabou por falecer. 

José Cola, como era carinhosamente tratado, foi durante muitos anos editor no sector de Fotografia da Edições Novembro, onde desempenhou a função com dedicação e brio profissional.  
Ingressou na Edições Novembro em 2002, com a categoria de fotógrafo de terceira. Antes de ser fotojornalista era fotógrafo amador. Teve ainda experiência de docência no ensino primário, no Distrito do Sambizanga, durante mais de 20 anos.

De 1993 a 1994 terminou o ensino médio na Escola Garcia Neto, em Luanda. Era estudante do quarto ano do curso de Comunicação Social da Universidade Privada de Angola. Nasceu em Calandula, província de Malanje, no dia 5 de Setembro de 1971 e deixa viúva e doze filhos.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Sociedade