Sociedade

Jornalista apresenta livro sobre TPA

A jornalista Sandra Mainsel apresentou esta quinta-feira (14) o livro As Quatro Idades da Televisão Pública de Angola, numa obra em que descreve as fases históricas da criação e desenvolvimento da estação, explicando o enigma subjacente à troca da anterior denominação para a actual, em 1991.

14/10/2021  Última atualização 12H20
Livro apresentado esta quinta-feira, em Luanda © Fotografia por: CEDIDA

A apresentadora traz em pormenores os factores da mudança da TPA (Televisão Popular de Angola) para a vigente (Televisão Pública de Angola – TPA) e explica as primeiras emissões, com cobertura limitada à capital, Luanda, à extensão faseada do sinal a todo o país.

Aborda ainda as actividades jornalísticas simples e as mais complexas, com meios de transmissão por feixes hertzianos e via satélite; dos registos televisivos, pacificamente elaborados, à cobertura dos conflitos armados de violência indescritível.

Sandra Mainsel relata os cenários que ofereceram "um sem-fim de alegria e conhecimento, mas também de muita tristeza, pânico e dor, subjacente às milhares de vidas humanas que infelizmente não foram poupadas”.

Neste ensaio, "todos estes episódios, que fazem parte da história mais recente do país” são retratados, deixando no íntimo um "sentimento misto de saudade e dor, mas com a certeza de se cumprir, na plenitude, o dever de divulgação do real papel que a TPA assumiu e desenvolveu ao longo de muitos anos, em benefício” de Angola.

Sandra Mainsel é licenciada em Ciências da Comunicação pela Universidade Agostinho Neto, mestre e doutora em Administração de Empresas pela Florida Christian University. Jornalista há 33 anos, desempenhou funções como apresentadora, repórter e editora de notícias.

Foi também chefe de Secção de Editoria Social, de Departamento de Informação Não-Diária, sub-directora e é actualmente directora de Multimédia da Televisão Pública de Angola. É docente da Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto e formadora do CEFOJOR.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Sociedade