Desporto

Jogadores do Mundial venceram os da Cosafa

Os antigos integrantes da Selecção Nacional no Campeonato do Mundo, Alemanha´2006, venceram, no domingo, em Luanda, os homólogos da Taça Cosafa, por 4-3, em jogo alusivo ao centenário do nascimento do primeiro Presidente da República de Angola, António Agostinho Neto, a assinalar-se a 17 de Setembro.

28/06/2022  Última atualização 09H40
© Fotografia por: Dr

Os golos do amistoso disputado no Estádio dos Coqueiros foram apontados por Zeca Langa, Akwá, Rasca e Love Cabungula, por parte dos mundialistas da Alemanha´2006 e Argentina´2001. 

Por sua vez, Malamba e Maurito, este por duas vezes, marcaram para o grupo de futebolistas do conjunto angolano que conquistou três edições da Cosafa,  1999, 2001 e 2004, provas disputadas na África do Sul.

A confraternização envolveu igualmente ex-futebolistas que dominaram as principais selecções nacionais nos últimos 30 anos.

Pela equipa que obteve a qualificação inédita para o Mundial, evoluíram, entre outros, o guarda-redes Ân-gelo, Akwá, Zeca Langa, Ki-kas, Jamba, Locó, Lebo Lebo, Kali, Figueiredo, Miloy, Mendonça, além do secretário de Estado para o Desporto, Carlos Almeida.

Pelos consagrados dos três troféus da Cosafa jogaram os ex-guarda-redes Marito, defesas Pedro, Suca, Didi, Renato, Yamba Asha, Dias Caires, médios Joni, Betinho, Zico, Minhas, Cacharamba, Paulo Tomás e Malamba, Moisés II, Assis e Stopirra.

Durante a partida, alguns antigos jogadores mostraram ainda frescura física, a exemplo, do ex-médio ofensivo Zeca Langa, que efectuou vários rasgos pelas alas.

Mendonça, também foi destaque ao desferir alguns remates que levaram os espectadores nas bancadas a recuarem no tempo.

No final, a ministra da Juventude e Desportos, Ana Paula do Sacramento Neto, explicou à imprensa, que a escolha do futebol para festejar a data deve-se ao facto de ter sido Agostinho Neto a dar o arranque a um torneio, que veio a evoluir para o presente Campeonato Nacional (Girabola).

Acrescentou tratar-se igualmente de um momento para recordar o "Pai da Nação”. 

A responsável, que falava na abertura do evento, esteve ladeada pelo chefe da Casa Militar da Presidência da República, Francisco Pereira Furtado, noticiou a Angop.

O antigo Presidente António Agostinho Neto, nascido a 17 de Setembro de 1922, em Catete, Luanda, proclamou a Independência em 1975 e faleceu em 1979, vítima de doença.    

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Desporto