Política

João Lourenço enviou mensagem a Filipe Nyusi

O presidente da FRELIMO, partido no poder em Moçambique, recebeu ontem, em Maputo, uma mensagem verbal do líder do MPLA, João Lourenço, durante um encontro com o secretário do Bureau Político do MPLA para as Relações Internacionais, Manuel Augusto.

25/06/2022  Última atualização 10H55
Líder do MPLA, João Lourenço © Fotografia por: Edições Novembro

O dirigente representa o presidente do MPLA nos festejos dos 60 anos da FRELIMO e na ocasião afirmou: "apresentámos ao Presidente Filipe Nyusi os cumprimentos de felicitação de Sua Excelência presidente do MPLA, João Lourenço, por ocasião do 60º aniversário da FRELIMO e do 47º da proclamação da independência de Moçambique”.

Dado o passado histórico e de irmandade entre as duas formações políticas, o presidente do MPLA transmitiu à FRELIMO, através de Manuel Augusto, e ao povo moçambicano a solidariedade e o companheirismo permanentes, reforçando os laços de amizade entre as duas nações e partidos.

Manuel Augusto e a delegação que o acompanha, segundo a Angop, aproveitaram a ocasião para actualizar Filipe Nyusi sobre os preparativos das eleições em Angola e sobre os objectivos do MPLA, que passam por voltar a ganhar a confiança do povo, nas urnas, de forma expressiva.

A comitiva é integrada, também, por Joana Tomás (secretária-geral da OMA), Crispiniano dos Santos (1º secretário nacional da JMPLA) e Bernardo Catoto (chefe da Divisão África e Médio Oriente do BP).

 A FRELIMO foi fundada a 25 de Junho de 1962, em Dar-es-Salaam, na Tanzânia, por Eduardo Mondlane, com o objectivo de lutar pela independência de Moçambique do domínio colonial português. Desde os primórdios da existência, a FRELIMO e o MPLA reuniam-se com frequência para trocar experiências de combate no teatro da guerrilha, impressões sobre a evolução da luta de libertação nacional nos dois países e coordenar as acções na frente de luta diplomática. .

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política