Política

João Lourenço conta “com grande apoio” na Lunda-Norte

O presidente do MPLA e cabeça de lista do partido às Eleições Gerais de 24 de Agosto, João Lourenço, orienta, hoje, no Dundo, Lunda-Norte, um acto político de massas, depois de ter presidido, no fim de semana, actividade idêntica no Cuito, província do Bié.

03/08/2022  Última atualização 07H54
© Fotografia por: Contreiras Pipa|Edições Novembro

João Lourenço chegou à  tarde de ontem à  capital da província da Lunda-Norte, onde foi recebido por altos dirigentes do partido e  uma enorme moldura humana.

Dundo regista um movimento inusitado. De todos os municípios da província continuavam a chegar ao princípio da noite de ontem, militantes e simpatizantes desejosos de ouvir a mensagem do líder. Em alguns locais, onde estão alojados, ouvia-se música alta e as pessoas esbanjavam alegria.

Bandeiras com as cores do MPLA foram colocadas em todos os pontos da cidade. O largo Agostinho Neto, onde vai decorrer o acto, está completamente engalanado.

O primeiro secretário provincial do MPLA na Lunda-Norte, Ernesto Muangala, garante uma mobilização massiva e assegurou que o partido está preparado para ganhar  as eleições nesta circunscrição.

O dirigente  do partido afirmou que a candidatura de João Lourenço a Presidente da República conta com grande apoio na Lunda-Norte, devido às reformas que conseguiu implementar no mandato anterior.

"As acções tendentes ao fortalecimento da economia, por via do incentivo à produção interna e a construção de infra-estruturas sociais estão entre as principais iniciativas que elevam o sentimento da confiança do eleitor na Lunda-Norte, para votar na continuidade do MPLA”, considerou Ernesto Muangala.

O primeiro secretário provincial pediu unidade e coesão no seio do partido, sublinhando que esta é uma das premissas para o MPLA sair vitorioso das Eleições Gerais de 24 de Agosto.

 

Partido confiante na vitória

Ernesto Muangala considerou importante”manter a firmeza face às falácias que procuram desacreditar o rumo certo que o país está a seguir e a esperança de um futuro melhor para os angolanos”.

 Incentivou os militantes a divulgarem a mensagem do partido e a imagem do seu candidato a Presidente da República.

Confiante, Ernesto Muangala disse que a vitória do MPLA vai permitir dar continuidade aos projectos de desenvolvimento, a manutenção da paz e a reconciliação entre os angolanos.

O primeiro-secretário do MPLA na Lunda-Norte orientou os militantes a realizarem campanhas de mobilização e de sensibilização porta-a-porta para convencer o eleitorado a votar no partido.

"O MPLA é o único partido em Angola que está à altura de governar e devemos transmitir esta mensagem ao nosso eleitorado para votar no número oito ”, referiu.

O político disse que o povo angolano, apesar das dificuldades que o país atravessa em vários domínios, continua a acreditar e mantém a confiança no MPLA para a solução dos problemas.

Ernesto Muangala realçou "a popularidade e simpatia que a população da Lunda-Norte nutre no MPLA e no  líder do partido, não obstante os obstáculos ainda existentes para a implementação de projectos em diversos sectores”.

Durante o mandato que agora termina, João Lourenço esteve na Lunda-Norte em duas ocasiões:  a primeira,  em Setembro 2018, tendo orientado a reunião  da Co-missão Económica do Conselho de Ministros, e a segunda, em Agosto de 2021, para avaliar a execução dos principais projectos de impacto social. Na altura visitou as obras de ampliação do Aproveitamento Hidroeléctrico de Luachimo, o maior projecto energético  da província da Lunda-Norte.

Quando as obras forem concluídas, o Aproveitamento Hidroeléctrico de Luachimo passará a produzir 34 megawatts contra os 8,4 megawatts que produzia anteriormente e fornecerá energia eléctrica a três municípios da província, nomeadamente Chitato, Cambulo e Lucapa.

Nas Eleições Gerais de 2017, o MPLA elegeu quatro deputados para o círculo provincial e a UNITA um. A província da Lunda-Norte, uma das maiores produtoras de diamantes, tem mais de 290 mil eleitores.

Militantes aguardam mensagem do líder com expectativa

Os militantes do município do Cuango, segunda maior praça eleitoral da Lunda-Norte, acreditam que o líder do MPLA, João Lourenço, vai transmitir uma mensagem de esperança para todo o povo angolano, durante o acto político de massas a realizar-se hoje no Dundo.

Gastão Cahata, primeiro secretário municipal do Cuango,  que esteve ontem no aeroporto Kamaquenzo, no Dundo, para a recepção do candidato do MPLA a Presidente da República, disse que a expectativa é grande e espera  que o discurso de João Lourenço seja de progresso e desenvolvimento harmonioso do país.

Assegurou que o MPLA está a trabalhar para garantir a segurança  e o  bem-estar social das populações,  sublinhando que   " não há neste momento em Angola, outra força política capaz de garantir o desenvolvimento do país”.

Em declarações ao Jornal de Angola, Gastão Cahata disse que o município do Cuango levou ao Dundo uma delegação muito grande para receber o candidato do MPLA.

"Estamos confiantes que os nossos projectos vão ser concretizados. Por isso, não temos dúvidas no voto e o certo é no número 8 para a vitória do nosso partido no dia 24 de Agosto", disse.

Cuango, de acordo com o secretário municipal, é um dos " bastiões” do MPLA na Lunda-Norte e a população continua a depositar confiança no partido, tendo em vista a garantia da paz, progresso e desenvolvimento da Nação.

Gastão Cahata acrescentou que o MPLA está a consolidar o trabalho de casa junto das massas, para no dia 24 de Agosto confirmar a vitória e dar sequência aos projectos sociais que constam do programa de governação.

Valorização da mulher

Edna Queximalunga, uma das integrantes da lista de candidatos a deputados pelo círculo provincial da Lunda-Norte, ressaltou que o líder do partido tem estado a prestar muita atenção à questão do género.

Membro do Comité Central, Edna Queximalunga acredita que o líder do partido vai reiterar a mensagem da aposta na valorização da mulher angolana, cujo exemplo reside no facto de a candidata a vice-presidente da República ser mulher.

A valorização da mulher, segundo Edna Queximalunga, é a oportunidade que as senhoras têm para mostrar à sociedade angolana que são capazes de responder satisfatoriamente à visão do presidente do MPLA.

 

Mais energia

João Muanangue, militante do município do Cuilo, disse que há uma grande ansiedade da população para ouvir a mensagem que o líder do partido trouxe em termos de principais projectos para a Lunda-Norte.

Sublinhou que o município do Cuilo carece de energia eléctrica e a juventude precisa de mais postos de trabalho. Por isso, referiu, a expectativa é que o presidente do MPLA anuncie projectos para a melhoria do fornecimento de energia eléctrica no município, aumento de infra-estruturas de impacto social e acções   concretas para a redução do índice de desemprego no seio da juventude.


Diogo Paixão e  Armando Sapalo | Dundo

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política