Desporto

Jerson Emiliano entre os eleitos pela FIFA

António Cristóvão

Jornalista

O angolano Jerson Emiliano dos Santos é um dos dez árbitros assistentes, da Elite A da Confederação Africana de Futebol (CAF), nomeado pela FIFA para o Campeonato do Mundo, a ter lugar de 21 de Novembro a 18 de Dezembro, no Qatar.

21/05/2022  Última atualização 13H20
Angolano voltou a merecer confiança da FIFA © Fotografia por: DR
Esta é a segunda participação do juiz assistente nacional na fase final de um Mundial na classe de seniores, depois da estreia em 2018, na Rússia.

Antes, marcou presenças no Mundial Sub-17, em 2015, no Chile, e seguiu-se depois outro evento idêntico de Sub-20, disputado em 2016, na Coreia do Sul.

Natural do Lubango, onde vive, iniciou a carreira como árbitro assistente em 2004, e dois anos depois foi promovido ao quadro de juiz assistente nacional.

Além de Jerson Emiliano, foram seleccionadas árbitras assistentes senegalesa Maguette Ndiaye e da rwandesa Salima Mukansanga.

No Qatar, África será representada, ainda, por dois Árbitros Assistentes de Vídeo (VAR, sigla em inglês) e seis juízes.

Na indicação dos árbitros africanos, o outro destaque aponta para as nomeações de Papa Bakary Gassama, da Gâmbia, e Janny Sikazwe (Zâmbia). Ambos tiveram actuações para esquecer nesta época.

O gambiano esteve no centro das atenções há cerca de dois meses, após polémica durante o jogo entre Argélia e Camarões, referente à eliminatória de apuramento para o Mundial do Qatar.

Já o zambiano, que esteve também na Rússia, em 2018, foi a "estrela" no desafio entre Tunísia e Mali (0-1), para a fase de grupos da Taça de África das Nações (CAN'2021), disputado este ano nos Camarões. Janny Sikazwe foi vítima de insolação, ao apitar a final do jogo aos 89 minutos.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Desporto