Mundo

Jardim tropical do Rio de Janeiro é agora Património da Humanidade

A Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) decidiu, ontem, incluir o jardim tropical Sítio Roberto Burle Marx, localizado no Rio de Janeiro, Brasil, na lista do Património Mundial.

28/07/2021  Última atualização 06H30
Jardim tropical do Rio de Janeiro © Fotografia por: DR
A 44ª sessão do Comité do Património Mundial da UNESCO,   reunida na cidade de Fuzhou, no sudeste da China, aprovou a candidatura brasileira, tornando-a a 23ª inscrição do país na lista. O Sítio Roberto Burle Marx é o legado do arquitecto paisagista que criou o conceito do moderno jardim tropical.

Localizado na parte ocidental do Rio de Janeiro, cobre mais de 407 mil metros quadrados de área florestal e tem uma colecção de mais de 3.500 espécies de plantas tropicais e subtropicais.
Além de jardins e viveiros, existem também seis lagos e sete edifícios no local, que recebem cerca de 30 mil visitantes por ano e onde o próprio arquitecto paisagista (1909-1994) viveu desde 1973 até à sua morte. A candidatura estava pendente desde 2020, devido à Covid-19.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Mundo