Mundo

Já são conhecidos os três vencedores do Nobel da Química

JA Online

Anúncio foi feito esta quarta-feira: Nobel da Química vai para Carolyn R. Bertozzi, Morten Meldal e K. Barry Sharpless. Este último torna-se na quinta pessoa a receber um Nobel por duas vezes.

05/10/2022  Última atualização 11H38

Carolyn R. Bertozzi, da Universidade Stanford, Morten Meldal, da Universidade de Copenhaga, e K. Barry Sharpless, do Scripps Research, são os vencedores do Prémio Nobel da Química de 2022, pelo "desenvolvimento da química do clique e da química bioorthogonal".

 

É de sublinhar que K. Barry Sharpless se torna assim na quinta pessoa a receber dois prémios Nobel. Sharpless recebeu o prémio de Química em 2001 e 2022, seguindo os passos de John Bardeen, Marie Skłodowska Curie, Linus Pauling e Frederick Sanger.

 

Johan Aqvist, presidente do Comité do Nobel de Química, disse que o prémio deste ano se se "trata de não complicar demais as coisas, mas trabalhar com o que é fácil e simples". "Moléculas funcionais podem ser construídas mesmo seguindo uma rota directa", disse citado pelo Notícias ao Minuto.

A química de clique trata-se de uma classe de reacções biocompatíveis de pequenas moléculas comumente usadas em bioconjugação, permitindo a união de substratos de escolha com biomoléculas específicas. Já a bioorthogonal, um termo cunhado pela própria Bertozzi, é uma reacção química que pode ocorrer dentro de sistemas vivos sem interferir nos processos bioquímicos nativos. Através de reacções bioorthogonais, os investigadores melhoraram a actuação de produtos farmacêuticos contra o cancro.

 

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Mundo