Sociedade

Já não haverá greve na Angola Telecom

O Conselho de Administração da Angola Telecom e a Comissão de Negociação chegaram a acordo, no início desta noite, a não efectivação da greve dos trabalhadores, que estava prevista para a próxima segunda-feira (27 de Dezembro).

23/12/2021  Última atualização 20H39
© Fotografia por: DR

Lourenço Francisco, coordenador da Comissão de Negociação de Greve composta por 8 funcionários, confirmou ao Jornal de Angola que se alcançou o consenso, considerando que foram atendidos alguns pontos essenciais do caderno reivindicativo.

"O consenso que tivemos é de que até Fevereiro de 2022 a situação desses colaboradores estará resolvida e posteriormente, em Maio, ver-se-á uma outra actualização”, disse, quando se referia aos funcionários com salários abaixo de 70 mil kwanzas.

"Está-se a trabalhar no qualificador ocupacional, para a progressão de carreira. Na verdade, chegamos a este ponto e outra situação está relacionada ao pagamento de salários, fora do tempo. A partir de Maio, estará resolvida e voltaremos a ter o plano de saúde, a partir de Janeiro, com o regresso aos centros médicos”, esclareceu.

Para Lourenço Francisco, prevaleceu o consenso, depois de um debate durante muito tempo, mas acrescentou que, olhando para as técnicas de negociações, "nem tudo foi atendido, mas também nem tudo foi negado”.

Por isso, realçou, que ficou a promessa em acta no sentido de se continuar a resolver pontos essenciais para o bem-estar do trabalhador. "Portanto, já não haverá greve, que estava prevista para segunda-feira (27). Nesta altura, já não há necessidade de haver greve, porque o empregador mostrou vontade de negociar”, concluiu.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Sociedade