Política

Isaías Samakuva pede coesão interna

A UNITA realiza desde ontem, o décimo terceiro Congresso. No conclave, o maior partido da oposição vai eleger o seu presidente e os membros da Comissão Política.

03/12/2021  Última atualização 09H20
© Fotografia por: DR
O presidente da UNITA, Isaías Samakuva, pediu, na abertura do Congresso, aos seus militantes, unidade e coesão interna do partido, sem deixar ninguém de fora. Para o líder partidário, que falava na abertura do XIII Congresso da UNITA, é preciso coragem, diálogo, patriotismo e humildade, para controlar as ambições desmedidas.

A UNITA, partido na oposição, realiza até amanhã o XIII Congresso, com foco na eleição do novo presidente.
A realização do conclave é consequência da anulação do congresso anterior, pelo Tribunal Constitucional, que considerou” sem efeitos, por violação da Constituição, da Lei e dos Estatutos”. Isaías Samakuva reconheceu que é um exercício difícil, reconhecendo a necessidade de elevar o interesse colectivo acima das legítimas aspirações e estratégias de grupos.

 Afirmou que o sentido de missão deve imperar para contornar e ultrapassar os obstáculos, sob pena de se perder tudo o que se conquistou.

"O Congresso só será útil se servir para aprovar e consolidar estratégias que permitam, também, sair das suspeições e acusações gratuitas”, observou. Apelou aos congressistas que evitem o sequestro colectivo da UNITA e dignifiquem a memória de todos, como símbolo de unidade interna.

Por outro lado, afirmou que "forças ocultas” tudo estão a fazer para manchar o bom nome da organização,  plantar a discórdia e a desunião. Destacou a consagração constitucional de Angola, como Estado Democrático e de Direito, como principal instrumento para o engrandecimento de todos os angolanos.

 Com o lema "Ano da mobilização dos patriotas para a alternância do poder” participam do evento mil e 150 delegados das 18 províncias do país, eleitos nas conferências comunais, municipais e provinciais, realizadas em Novembro.  No congresso em que participam 2.150 delegados foram lidas várias mensagens com destaque para a JURA e a LIMA.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política