Economia

Investidos 6 milhões em material higiénico

Cerca de seis milhões de dólares foram investidos no início deste ano pela empresa Joyafef, em Luanda, para assegurar a produção do material higiénico.

07/05/2020  Última atualização 21H03
DR

Segundo o administrador da unidade fabril, Habtom Kidame, parte do dinheiro foi usado para a compra da matéria-prima e outros meios de trabalho capazes de garantir continuidade na produção de material higiénico em papel para o consumo interno. A unidade fabril tem 10 linhas de tiragem e uma capacidade de produção de quatro mil toneladas por mês. O gestor avançou que a receita prevista para o primeiro trimestre deste ano acabou negativa, na ordem dos 350 milhões de kwanzas, devido a depreciação do kwanza face ao dólar.

Ainda assim, o investidor garantiu que por causa da paralisação parcial registada no princípio do mês de Março, a unidade teve uma quebra na produção de 60 por cento, que também prejudicou as metas traçadas pela empresa. “Contudo, vamos manter a produção em níveis credíveis”, admitiu. Neste momento, o trabalho da fábrica é assegurado por 25 colaboradores, dos 50 que foram contratados.

Habtom Kidame disse que a diminuição da força de trabalho deve-se ao cumprimento das medidas preventivas por Covid-19. “Logo que termine a situação os outros 25 trabalhadores vão ser incorporados”, explicou. O empresário disse ainda que as recentes medidas económicas tomadas pelo Executivo “vão galvanizar o investimento privado, manter a capacidade económica das empresas e, consequentemente, proporcionar novos postos de trabalho”.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Economia