Regiões

Instituto Técnico de Saúde com falta de professores

Domingos Calucipa | Ondjiva

Jornalista

Os cursos de Farmácia e Estomatologia, ministrados pelo Instituto Técnico de Saúde de Ondjiva, foram encerrados este ano lectivo, por falta de professores, informou, ontem, a directora da instituição.

02/09/2022  Última atualização 07H05
Instituição conta com 17 salas com capacidade para 36 alunos cada © Fotografia por: Francisco Curihingana | Edições Novembro | Massango

Ana Dionísio lamentou o facto e disse que ao encerrar os dois cursos, a instituição fica bastante diminuída em termos de capacidade de absorção de novos alunos. "Agora muitos dos candidatos vão ficar fora do sistema de ensino”.

Com a eliminação, o Instituto Técnico de Saúde de Ondjiva lecciona apenas os cursos de Enfermagem, Fisioterapia e Análises Clínicas.

Em consequência desta medida, a instituição tem disponíveis, este ano, 252 vagas, para 1.681 concorrentes. "Nos anos anteriores, o número de admissões era muito acima deste”, contou.

Do número de vagas disponíveis, este ano, 108 são para o curso de Enfermagem, 72 para Fisioterapia e 72 para Análises Clínicas.

A instituição conta, actualmente, com 17 salas de aula, com a capacidade de 36 alunos cada.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Regiões