Regiões

INEFOP entrega ferramentas a 150 jovens recém-formados

Cento e cinquenta jovens da cidade do Sumbe, província do Cuanza-Sul, beneficiaram, quarta-feira, de kits profissionais para o fomento do auto-emprego, no quadro do Plano de Acção para a Promoção da Empregabilidade (PAPE).

21/10/2022  Última atualização 07H10
Entre os bens , constam materiais de serralharia, carpintaria, canalização, soldadura e manicuri © Fotografia por: Carlos Bastos | Edições Novembro| Sumbe

Os jovens concluíram recentemente uma acção formativa promovida pelo Instituto Nacional do Emprego e Formação Profissional (INEFOP) e receberam kits de soldadura, manicuri e pedicuri, pastelaria, serralharia, mecânica-auto, corte e costura, canalização, decoração, electricidade, construção civil e agricultura.

Ao intervir no acto, o director do Gabinete Provincial para o Desenvolvimento Económico Integrado no Cuanza-Sul, Carlos Henriques, apelou aos beneficiários no sentido de conservarem os kits profissionais para garantir maior durabilidade, permitindo a melhoria das condições de trabalho e o aumento da renda familiar.

"Felicito todos os beneficiários pela recepção dos kits para o auto-emprego e lembro que o proveito dos mesmos é rentabilizar para conseguirem satisfazer as vossas necessidades durante o período que farão uso dos equipamentos”, salientou.

Na ocasião, a vice-governadora para o Sector Político, Social e Económico, Emília Tchinawalile, reafirmou que o Executivo vai continuar a realizar acções de formação para a edificação de uma sociedade moderna e próspera.

"O Executivo, no âmbito das suas responsabilidades, vai criar condições para aumentar o emprego e a empregabilidade na economia, em prol da melhoria da qualidade de vida das populações”, salientou.

Numa mensagem lida a propósito, os beneficiários enalteceram a implementação do PAPE nas 18 províncias do país, sublinhando que está a contribuir na formação profissional dos jovens, no fomento do autoemprego e a gerar renda para o bem-estar das famílias.

Lançado em 2019, o PAPE é uma iniciativa do Executivo, que visa, fundamentalmente, apoiar cidadãos nacionais dos 17 aos 40 anos, nas áreas de formação profissional, cedência de micro-créditos, distribuição de kits profissionais, entre outros aspectos, destinados à promoção do auto-emprego, através de pequenas iniciativas empresariais.

O referido plano conta com um orçamento de 21 mil milhões de kwanzas para todo o país.

Na província do Cuanza- Sul, o PAPE já beneficiou mais de mil jovens.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Regiões