Sociedade

INEFOP disponibiliza kits profissionais

O Intituto Nacional de Emprego e Formação Profissional (INEFOP) procedeu a entrega de 196 kits aos jovens com habilidades profissionais na cidade do Sumbe, província do Cuanza-Sul, no quadro do plano de acção para a promoção da empregabilidade (PAPE).

25/06/2022  Última atualização 06H10
(INEFOP) procedeu a entrega de 196 kits © Fotografia por: DR

São kits de agricultura, culinária, pastelaria, electricidade de baixa tensão, serralharia, carpintaria, corte e costura, barbearia e pedreiro, que vão servir para a promoção do  auto-emprego nas comunidades em que estão inseridos.

Na ocasião, o director-geral do INEFOP, Manuel Bangui, considerou ser uma oportunidade dos jovens constituírem pequenas unidades de trabalho para a geração de rendimentos e aperfeiçoamento das suas habilidades técnico-profissionais. "O Executivo angolano, consciente das suas responsabilidades, gizou um programa que proporciona auto-emprego nas comunidades, como forma de atenuar a falta de emprego no seio dos jovens”, frisou.

Aproveitou ainda a ocasião  para encorajar os beneficiários no sentido de aproveitarem as valências dos instrumentos recebidos para o seu bem pessoal, mas também para a satisfação das necessidades das comunidades.

Porto-Amboim

 Um total de 47 jovens, de diversas habilidades, beneficiou de igual número de kits profissionais, em Porto-Amboim,  no quadro do programa de acção para a promoção da empregabilidade (PAPE).

 Além de Porto-Amboim, o INEFOP vai proceder a entrega de kits profissionais nos municípios da Conda, Quibala e do Libolo, perfazendo um total de  239 kits nas especialidades de serralharia, agricultura, pastelaria, manicure e culinária  

 O director geral do INEFOP, Manuel Bangui, disse que a entrega dos kits faz parte de um programa do Governo, que visa potenciar os jovens com a finalidade de fomentar a empregabilidade, na componente do auto-emprego. Adiantou, por outro lado, que o PAPE tem também acções viradas à formação sobre as profissões de empregabilidade imediata, de acordo com as necessidades das comunidades.

 O programa, referiu, prevê também a componente formativa aos jovens beneficiários para que adquiram conhecimentos sobre as actividades a realizar. Já o director do Gabinete do Desenvolvimento Económico Integrado, Honorato Kondjassile, referiu que estes meios vão contribuir, de forma significativa, na melhoria da condição social da juventude.

O acto de entrega foi orientado pelo director-geral do Instituto Nacional do Emprego e Formação Profissional,(INEFOP), na presença do director do gabinete local do Desenvolvimento Económico  Integrado, Honorato Kondjassile, que representou a vice-governadora para sector Político, Social e Económico, Emília Tchinawalile, autoridades administrativas do município e outros convidados..

Casimiro José e Luís Pedro / Sumbe

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Sociedade