Economia

Indústria Têxtil prevê triplicar as 34 milhões de peças por ano

Hélder Jeremias

Jornalista

O país poderá, em breve, triplicar os actuais 34 milhões de peças produzidos anualmente, pela indústria Têxtil, em virtude dos incentivos do Executivo no sentido de estimular a produção nacional de algodão e restringir a importação de matéria-prima.

20/06/2024  Última atualização 15H50
A foto é apenas ilustrativa © Fotografia por: DR | Arquivo
A perspectiva foi avançada pelo presidente da Associação da Indústria Têxtil e Confecções de Angola, Luís Contreiras, quando fazia a sua apresentação no 2.° Fórum de Comércio em Angola, a decorrer esta quinta-feira no auditório da Escola Nacional de Administração e Políticas Públicas (ENAPP), em Luanda.

De acordo com o líder empresarial, para a materialização desta meta a ideia é produzir anualmente duas peças para cada angolano, além do excedente para exportar, o que passa pela redução da quantidade de roupa usada importada, incentivos aos camponeses e cooperativas no sentido de produzir algodão com menor custos.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Economia