Sociedade

INAMET: Mudança de estação não altera temperaturas baixas

JA Online

O Instituto Nacional de Meteorologia e Geofísica (INAMET) anunciou, terça-feira, que "a mudança da estação de cacimbo para a época chuvosa vai continuar a ter temperaturas baixas até Setembro para as províncias banhadas pelo Oceano Atlântico".

16/08/2022  Última atualização 17H03
© Fotografia por: DR | ARQUIVO

Em comunicado de imprensa enviado hoje ao Jornal de Angola, o INAMET esclarece que "a partir de 15 de Agosto, com a manutenção do Sistema da Alta Subtropical do Atlântico Sul (ASAS), do fluxo de ventos Oeste e o resfriamento das águas da superfície do Oceano Atlântico, continuará a proporcionar temperaturas relativamente baixas para esta época do ano".

 

No documento, a instituição acrescenta que "continuará, igualmente, a suceder a diminuição ligeira da humidade relativa do ar até Setembro, para as províncias banhadas pelo Oceano Atlântico".

 

Quanto às províncias do Leste do território nacional "experimentarão temperaturas do ar e humidade relativa ligeiramente baixas para esta época do ano, devido o Dipolo Negativo do Oceano Índico que está a causar resfriamento das águas da superfície de algumas regiões do Oceano Índico".

 

As previsões do INAMET indicam que "com a situação de temperaturas e humidade relativa baixas, estão reunidas as condições para a permanência de estabilidade atmosférica na generalidade do território Nacional, nos meses de Setembro a Outubro". 

 

As condições climatéricas vão-se manter com um "tempo ligeiramente frio e seco", que deverá "persistir até ao mês Setembro", pois devido ao resfriamento dos oceanos, "há pouca evaporação e consequentemente pouca disponibilidade de humidade relativa e escassez de chuvas na Região Norte de Angola, para os meses de Setembro a Novembro de 2022."

 

 

Por último, o INAMET sublinha que "em tempo oportuno, fará a actualização da previsão Sazonal para a época chuvosa".

 


Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Sociedade