Sociedade

INAC regista mais de 70 mil casos de violência contra a Criança

Yara Simão

Jornalista

Mais de 70 mil casos de violência contra a criança foram registados em 2021, em todo país, pelo Instituto Nacional da Criança (INAC), com maior incidência para fuga à paternidade com (3.723) casos.

13/01/2022  Última atualização 14H55
© Fotografia por: DR

Na estatística, a província de Luanda lidera a lista de ocorrências em todo o país, com 1.941 casos. Em relação à fuga a paternidade os infractores são na sua maioria os taxistas e moto-taxistas.


Os dados foram avançados esta quinta-feira, em Luanda, pelo director-geral do Instituto Nacional da Criança, Paulo Kalesi, sublinhando que fruto do elevado número de casos em Junho de 2020, em meio à pandemia da Covid-19, foi criado o serviço SOS - Criança que atende pelo terminal telefónico 15015, anónimo, gratuito e confidencial.


"A violação sexual é outro problema que tende a crescer em várias regiões do país e para reverter o quadro, no dia 16 de Março de 2021, foi lançada a Campanha Nacional de Prevenção e Combate a Violência Sexual contra a Criança”, disse.


"A violação sexual é outro problema que tende a crescer em várias regiões do país e para reverter o quadro, no dia 16 de Março de 2021, foi lançada a Campanha Nacional de Prevenção e Combate a Violência Sexual contra a Criança”, disse.


Paulo Kelesi destacou, igualmente, que está previsto para o mês de Junho de 2022 a realização do Fórum Nacional da Criança, que vai  analisar o grau cumprimento dos 11 compromissos a favor da criança, entre outras matérias.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Sociedade