Sociedade

“Imprensa é arma contra discriminação”

Edvaldo Lemos | Caxito

Jornalista

O coordenador do Serviço Provincial de Educação Especial no Bengo, Agostinho Mujinga, destacou o papel e o esforço desempenhado pela empresa Edições Novembro E.P, através das matérias informativas publicadas no Jornal de Angola, no combate à discriminação aos deficientes auditivos.

26/09/2021  Última atualização 05H00
Jornalistas da Edições Novembro foram elogiados © Fotografia por: Edmundo Eucílio | Edições Novembro
Agostinho Mujinga, que coordenou o grupo de alunos e professores do Complexo Escolar Especial do Dande, na visita às instalações da Direcção Provincial da Edições Novembro, no âmbito das Primeiras Jornadas Nacionais sobre a Surdez, disse que o jornal tem estado a dar um contributo para que a comunidade surda se mantenha informada.

O coordenador referiu que os problemas desse grupo são vários, entre os quais, a inserção no processo de ensino e aprendizagem. E, neste sentido, o Jornal de Angola tem desempenhado um papel sensibilizador.

Agostinho Mujinga considerou ser fundamental que se continue a sensibilizar a sociedade, para todos trabalharem na inclusão social e técnicoprofissional das pessoas com deficiência auditiva.

Esmeraldo Joaquim, professor e tradutor de linguagem gestual, valorizou o apoio do Ministério da Educação, através do seu Gabinete Provincial, por assegurar a realização de acções de formação destinadas aos funcionários de várias instituições públicas e privadas, designadamente os órgãos afectos à Delegação Provincial do Ministério do Interior, serviços hospitalares e agências bancárias, para facilitar a interacção com a pessoa surda.

"O apoio está a abrir uma porta para que as pessoas surdas sejam aceites e tenham maior interacção com quem os atende”, disse.

Uma dessas situações apontadas pelo professor tem a ver com o facto de, muitas vezes, a pessoa surda ser mal atendida em hospitais, por os profissionais da Saúde não dominarem a sua linguagem.


Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Sociedade