Economia

Importadas 15 mil viaturas em seis meses

Joaquim Suami

Jornalista

O Porto de Luanda registou, no I Semestre deste ano, uma movimentação de 15 mil viaturas, quando no ano passado, em igual período, foram importados 12.572 veículos ligeiros, correspondendo a uma subida de 16,1 por cento no movimento de viaturas ligeiras importadas.

10/08/2022  Última atualização 07H20
© Fotografia por: DR

"Este ano, houve um crescimento exponencial na importação de viaturas ligeiras, notando uma quebra nos veículos pesados. Desde o início da pandemia, deixamos de ter passageiros de longo curso e o mercado de passageiro que registamos tem a ver com o apoio da actividade petrolífera. Com o crescimento da actividade petrolífera no país, temos assistido um número elevado de passageiros, mas com actividade de cabotagem Norte, teremos um crescimento satisfatório de passageiros”, referiu.

Novos desafios

O director comercial, Roberto Martins, disse que o Conselho de Administração do Porto de Luanda aprovou recentemente, um Plano Director 2021/2040, que consta inúmeros desafios para o desenvolvimento da empresa portuária, com destaque para as infra-estruturas.

Segundo o responsável, o Plano Director 2021/2040, contempla, igualmente, o aumento do fundo para ampliação de calado de navios e o centro de coordenação de navios.

"O calado de navios do Porto de Luanda é limitado e o Plano Director vai permitir produzir o aumento de fundos para o melhoramento dos nossos terminais, em que temos o Plano de Desenvolvimento do Terminal de Unicargas, o da DP World e da Sogest. Também, temos o plano de ampliar o terminal da DP World para podermos ter navios de maior capacidade de atracagem”, disse, indicando que o Centro de Coordenação de Navios visa manter o controlo de toda a entrada e saída de navios no recinto portuário de Luanda.

"Funcionamento 24/24 horas, e estamos a funcionar praticamente há um ano. Estamos a assumir o controlo de toda a entrada e saída de embarcações.

Este centro de coordenação funciona, conseguimos ter o controlo eficiente e eficaz de todas as embarcações que entram e saem do Porto de Luanda.

Todos os navios que entram e saem do Porto devem anunciar ao centro de coordenação, através das plataformas que temos disponíveis com os agentes de navegação”, disse, referindo que o Plano Director prevê o controlo de cobrança das receitas do Porto de Luanda.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Economia