Sociedade

Igreja pretende alargar instituto politécnico

O alargamento do Instituto Superior Politécnico Tocoísta, com mais 20 salas de aulas e quatro laboratórios, constitui uma das prioridades da Igreja de Nosso Senhor Jesus Cristo no Mundo (Tocoísta) para 2020, informou hoje o líder da congregação, Afonso Nunes.

05/01/2020  Última atualização 17H42
© Fotografia por: Bispo Afonso Nune aposta no crescimento da instituição

Ao intervir na cerimónia de cumprimentos de Ano Novo, o líder religioso disse que se vai trabalhar para a melhoria das infra-estruturas da Rádio Tocoísta e da parceria com o Governo, no concernente à implementação de projectos agro-pecuários.
Ao apresentar o balanço das actividades realizadas em 2019, Afonso Nunes destacou a recolha de donativos para as vítimas da seca no sul de Angola, onde foram canalizadas 70 toneladas de bens diversos.
Afonso Nunes destacou ainda a abertura de cozinhas comunitárias (quatro em Luanda e uma no Cunene), com capacidade para atender cinco mil pessoas/dia.
Ao referir-se à situação do país, Afonso Nunes considerou de "difícil para as famílias", atendendo a crise económica e financeira que ainda assola as empresas nacionais no geral.
Afonso Nunes disse esperar que este ano seja melhor, tendo encorajado o Governo a apostar na produção local e investir nas áreas prioritárias, como infra-estruturas, estradas, energia, água, implementação de pequenas, médias e grandes indústrias transformadoras.
Afonso Nunes recomendou aos estudantes que se esforcem-se na formação, para serem eles mesmos a dirigir as instituições de ensino, de saúde e dos empreendimentos agrícolas.
Afonso Nunes disse querer ver jovens criativos na igreja que saibam inventar e reinventar-se em todas as áreas e “não fiquem estáticos somente nos cursos que façam.
Participaram no acto, além de fiéis da Igreja Tocoísta, lideres eclesiásticos, deputados e membros do Executivo.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Sociedade