Sociedade

Igreja Metodista celebrou este domingo o Dia da Mãe

Edna Mussalo

Jornalista

A Igreja Metodista Unida celebrou, este domingo, o Dia da Mãe, figura de destaque para o desenvolvimento da sociedade e formação do homem.

09/05/2022  Última atualização 07H30
© Fotografia por: DR

O presidente do Conselho Geral de Programas e Projectos da Igreja Metodista Unida, reverendo Vladimir Agostinho, explicou que a data é celebrada em homenagem à americana Anne Maria Jarvis, que depois de ter perdido a  mãe, em 1905, idealizou a efeméride, depois da realização de um culto de acção de graças, alusivo à  progenitora.

"Anne perdeu a mãe que tinha sido um exemplo de fé e dedicação à igreja e ficou triste durante muito tempo, tendo dois anos mais tarde convidado várias amigas na sua casa, no segundo domingo de Maio, para uma celebração de acção de graças, tendo anunciado a ideia da instituição de um dia nacional em honra às mães”, destacou.

De acordo com o reverendo, o Dia da Mãe no metodismo é visto como uma festa, devido ao seu papel e contributo na história da humanidade.

Apontou, com base na Bíblia, testemunhos de mães que se mostraram com coragem para vencer adversidades, daquelas que se revelaram com amor incondicional, fé e que dedicaram as suas vidas e habilidades para o serviço de Deus. 

De referir que vários países celebram a efeméride no primeiro domingo de Maio e outros no segundo. Países como os Estados Unidos, Brasil, Canadá, Itália, Holanda e Coreia do Sul celebram a data no segundo domingo de Maio.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Sociedade