Regiões

Igreja defende criação de cooperativas agrícolas

Venâncio Victor | Malanje

Jornalista

Os participantes a 30ª Sessão da Conferência Anual do Leste de Angola da Igreja Metodista Unida defenderam a necessidade premente dos fiéis criarem cooperativas agro-pecuárias, visando tornar as igrejas mais sustentáveis.

01/08/2022  Última atualização 11H51
© Fotografia por: DR

O apelo vem expresso no comunicado final da 30ª Sessão da Conferência Anual do Leste de Angola, em que os participantes reconheceram que a igreja por  si só não tem capacidade para suportar todos os eventos que se vão realizando  no seio dos fiéis.

Os participantes no encontro recomendaram, igualmente, a necessidade dos crentes procederem à contribuição  de valores monetários para compra de meios rolantes, com vista a facilitar a locomoção dos superintendentes e pastores e  para o cumprimento dos encontros distritais a realizarem-se de dois em dois anos.

Recomendaram ainda que as mulheres continuem a  fazer  as suas contribuições para o desenvolvimento da igreja, uma vez que elas são a grande força da igreja. Pretende-se ainda que as conferências sejam feitas em colaboração com o governo provincial, tendo defendido a necessidade de recuperar os terrenos ocupados ilegalmente e que tractores da Missão do Quéssua estejam sob supervisão do distrito eclesiástico de Malanje e Kiwaba Nzoji. O evento de-correu sob o lema " Com Fé contínua na Evangelização, caminhemos Unidos Rumo à Santidade” e contou com a participação das províncias do Bié, Lundas Sul e Norte e Cuando-Cubango.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Regiões